Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Esboçar de um novo mapa para o Médio Oriente

Áudio 07:33
Carro de assalto turco junto à fronteira com a Síria no 15 de Fevereiro.
Carro de assalto turco junto à fronteira com a Síria no 15 de Fevereiro. BULENT KILIC / AFP
Por: Liliana Henriques
10 min

Continua o bailado diplomático com vista a  viabilizar o cessar-fogo anunciado para este fim-de-semana na Síria. Bachar el Assad disse estar pronto a respeitar estas disposições negociadas entre russos e americanos que no começo desta semana também evocaram a possibilidade de se realizarem eleições naquele país em Abril.

Publicidade

Neste âmbito, o presidente russo avistou-se hoje com o rei da Arábia Saudita que apoia os rebeldes bem como o presidente do Irão que está do lado de Assad, ambos tendo concordado com este plano de cessação das hostilidades. Por seu turno, após receber o rei da Jordânia, o presidente americano declarou-se "prudente" quanto à perspectiva de uma trégua na Síria. Também reservado está o secretário de Estado americano John Kerry que deu a entender que se o cessar-fogo não fosse efectivo, poderia haver um plano B.

A Turquia, quanto a si, disse recear que este plano de cessar-fogo apenas seja proveitoso para Bachar el Assad. Ancara reiterou ainda querer que os curdos sejam excluídos das negociações de paz e acusou os russos de continuar a violar o seu espaço aéreo três meses depois de um caça turco ter abatido um avião militar russo por alegadamente sobrevoar ilegalmente a Turquia.

Do ponto de vista da especialista dos países Árabes Maria João Tomás, pode estar a desenhar-se um novo mapa para o Médio Oriente.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.