Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Retoma das negociações de paz para a Síria em Genebra

REUTERS/Mikhail Klimentyev/Sputnik/Kremlin
Texto por: RFI
1 min

No dia em que se assinalam cinco anos desde o início da guerra e poucas horas depois do início de um novo ciclo de negociações para a paz na Síria. A Rússia inicia retirada dos aviões da Síria após anúncio de Vladimir Putin.  

Publicidade

O chefe da delegação governamental, Bashar al Jaafari, chegou na manhã de domingo a Genebra para esta nova sessão de negociações que terá lugar durante quase duas semanas no Palácio das Nações das Nações Unidas.

Horas antes das Nações Unidas apresentarem um relatório sobre os crimes de guerra na Síria. Vladimir Putin escolheu uma data simbólica para iniciar a retirada da missão militar russa que tem prestado apoio, dado cobertura e permitido a Bashar al-Assad reconquistar terreno.

O Ministério russo da Defesa anunciou que um primeiro grupo de bombardeiros e aviões de transporte tinha deixado a base aérea de Hmeimim, a noroeste da Síria, rumo à Rússia.

Os bombardeiros russos começaram hoje a deixar a Síria rumo à Rússia. Os militares russos começaram a carregar os equipamentos e o material militar nos aviões durante a noite, tendo a televisão russa transmitido imagens de funcionários a colocar caixas em aviões de transporte

O vice-ministro da defesa já anunciou que a aviação russa vai continuar os ataques aéreos contra “alvos terroristas”.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.