Acesso ao principal conteúdo
EUA

Ahmad Rahami é o homem mais procurado nos EUA

Ahmad Rahami é o homem mais procurado nos EUA
Ahmad Rahami é o homem mais procurado nos EUA REUTERS/Rashid Umar Abbasi
Texto por: RFI
3 min

A polícia norte-americana já identificou um suspeito do ataque à bomba de sábado em Nova Iorque que feriu 29 pessoas. Ahmad Khan Rahami, de 28 anos, é o homem mais procurado do momento nos Estados Unidos. Ahmad  Rahani é de origem afegã, naturalizado americano, e reside em Nova Jersey, Estado vizinho de Nova Iorque.

Publicidade

O anúncio foi feito pelo porta-voz da polícia de Nova Iorque, J. Peter Donald, que publicou uma foto do suspeito nas redes sociais. O presidente da Câmara da Bill De Blasio, questionado pelo canal de televisão CNN, declarou que o homem pode estar armado.

Ahmad Khan Rahani é de origem afegã, naturalizado americano, e reside em Nova Jersey, Estado vizinho de Nova Iorque.

Bill De Blasio não precisou porém se o homem que é actualmente procurado encabeça uma rede mais vasta "As coisas estão a evoluir de forma rápido, penso que nas próximas horas poderemos avançar mais detalhes".

Este mandato de busca foi lançado depois de vários ataques terem sacudido os Estados Unidos. No sábado a explosão de uma bomba artesanal deixou 29 pessoas feridas no movimentado bairro de Chelsea. Um outro engenho foi encontrado nas proximidades, mas acabou por não explodir.

No Minnesota, norte do país, um homem feriu com uma arma branca pelo menos nove pessoas num centro comercial, antes de ser abatido, um ataque que foi reivindicado, no domingo, pelo grupo do Estado Islâmico. Horas antes, no sábado, uma bomba explodiu em Nova Jersey num local onde deveria ter lugar uma corrida solidária, mas sem fazer feridos uma vez que a prova tinha sido atrasada. Três bombas artesanais foram encontradas em diferentes locais, sem que tivessem explodido.

A polícia encontrou igualmente ontem à noite vários engenhos explosivos, um dos quais acabou por explodir durante a tentativa desmantelamento, em Nova Jersey.

Cinco pessoas foram detidas junto à ponta de Verrazano em Nova Iorque por estarem envolvidas na explosão de Chelsea. Até ao momento as autoridades ainda não encontraram ligações entre os diferentes atentados ou tentativas, mas o facto de todos terem acontecido no espaço de 24 horas relança os receios de ataques terroristas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.