Convidado

Rui Pereira alerta para "a banalização do terrorismo"

Áudio 08:04
Polícia em frente ao mercado de Natal visado pelo atentado de 19 de Dezembro, em Berlim.
Polícia em frente ao mercado de Natal visado pelo atentado de 19 de Dezembro, em Berlim. REUTERS/Hannibal Hanschke

O presumível autor do ataque terrorista contra um mercado de Natal em Berlim, o tunisino Anis Amri, foi hoje abatido pela polícia italiana, em Milão, num “banal controlo” policial. O especialista Rui Pereira alerta para a “banalização do terrorismo” na Europa, ainda que admita ser “impossível prevenir todos os atentados terroristas”.

Publicidade

Berlim, 19 de Dezembro de 2016. Nice, 14 de Julho de 2016. Bruxelas, 22 de Março de 2016. Paris, 7, 8 e 9 de Janeiro de 2015. Paris, 13 de Novembro de 2015. Perante os atentados que atingiram a Europa nos últimos dois anos, Rui Pereira, presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT), alerta para a “banalização do terrorismo” no velho continente.

“O terrorismo passou a fazer parte do nosso dia-a-dia, de tal maneira que infelizmente - e pelas piores razões - passámos a considerar trivial um atentado terrorista. O alarme que um atentado como o que aconteceu em Berlim teria provocado há 10 ou 15 anos é incomparável com o alarme que é hoje causado. Isto corresponde a uma banalização do terrorismo”, afirma o antigo ministro português da Administração Interna.

Rui Pereira avisa que não se pode "levantar a guarda" nem considerar os atentados como "uma fatalidade", sublinhando que a resposta a dar deve ser a manutenção do mesmo estilo de vida, “resistindo”. Caso contrário, haveria uma “vitória perversa do terrorismo”, ainda que haja "uma coisa óbvia: é impossível prevenir todos os atentados terroristas”.

Por outro lado, o presidente do OSCOT destaca que “é bom que este atentado não sirva de pretexto para pôr em causa políticas humanitárias em relação aos refugiados” porque “todo este clima favorece a emergência de figuras populistas e xenófobas”.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI