Mundo

2017 : Os votos de Ano Novo

Presidente francês, François Hollande
Presidente francês, François Hollande REUTERS/Lionel Bonaventure/Pool

Neste primeiro dia de 2017, estes foram os votos de boas entradas em 2017 da Chanceler alemã, Angela Merkel, do Presidente francês, François Hollande, do Papa Francisco e do Presidente norte-americano, Barack Obama.

Publicidade

Na mensagem queo Presidente francês, François Hollande, transmitiu ontem à noite aos cidadãos franceses durante a intervenção de Ano Novo na televisão, afirmou que o mundo está sob o perigo de regressar a um “clima de Guerra Fria” e de mergulhar num período de “incerteza” na política global, incluindo o próximo acto eleitoral em França.

Na sua mensagem de ano novo, a Chanceler alemã, Angela Merkel, prometeu "segurança na liberdade" e reiterou que o país é "respeitador e aberto". No seu discurso, Merkel disse que o terrorismo é a maior ameaça que o país enfrenta, mas sublinhou que a Alemanha "é mais forte do que o terrorismo" e que "o governo tudo fará para assegurar segurança na liberdade".

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, aproveitou a sua última mensagem de Ano Novo para fazer um balanço positivo dos oito anos em que ocupou a Casa Branca e dizer que terá um papel "importante" como cidadão.

O Papa Francisco desejou, na sexta-feira passada, a todos um “ano de paz” e de “misericórdia”, perante milhares de fiéis reunidos na praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano, sob fortes medidas de segurança.

O Presidente eleito dos Estados Unidos da América, Donald Trump, também desejou um feliz Ano Novo; "feliz Ano Novo a todos, incluindo aos meus muitos inimigos e aos que se bateram contra mim e perderam", escreveu Donald Trump no Twitter.

Votos de Ano Novo 2017

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI