Síria

Síria : Mais de 40 mortos em duplo atentado em Damasco

Local do  duplo atentado em Damasco, na Síria.
Local do duplo atentado em Damasco, na Síria. Louai Beshara / AFP

Um duplo atentado em Damasco, a capital da Síria, fez hoje, pelo menos, 40 mortos e 120 feridos, na sua maioria peregrinos xiitas iraquianos. Este é um dos ataques mais graves na capital síria em seis anos de guerra.

Publicidade

Bastião do regime do presidente Bachar al-Assad, a capital síria foi afectada por vários atentados desde o início da guerra em 2011, ainda que tenha ficado à margem dos combates que destruíram outras cidades e localidades do país.

O duplo ataque bombista aconteceu na cidade velha, perto do cemitério de Bab al-Saghir.  Os ataques fizeram, pelo menos, 40 mortos e 120 feridos, a maior parte dos quais eram peregrinos xiitas iraquianos.

A zona do atentado fica junto a uma área onde estão vários mausoléus xiitas, considerados como locais de peregrinação, mas há também mausoléus sunitas. Nos últimos anos, foram vários os ataques que visaram Sayeda Zeinab, um local de peregrinação xiita perto de Damasco.

A maior parte dos ataques têm sido reivindicados por grupos jihadistas hostis ao Irão e ao movimento xiita libanês Hezbollah, os principais aliados do regime de Bachar al-Assad.

O grupo autodenominado Estado Islâmico, que tinha ganho o controlo de vastos territórios no norte e no leste do país, tem vindo a perder terreno desde 2014. Actualmente, o grupo enfrenta três forças no seu bastião de Raqa: as tropas turcas e os aliados rebeldes sírios, as forças governamentais sírias apoiadas pela Rússia e a aliança árabo-turca apoiada pelos Estados Unidos.

A guerra na Síria fez mais de 310.000 mortos em seis anos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI