Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Liga Europa: Sporting de Braga numa aventura islandesa

Abel Ferreira, treinador português do Sporting de Braga.
Abel Ferreira, treinador português do Sporting de Braga. HUGO DELGADO/LUSA
Texto por: Marco Martins
5 min

A primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa decorre esta quinta-feira com duas equipas portuguesas e uma francesa a entrarem em acção. Sporting de Braga, Marítimo e Marselha vão tentar carimbar o passaporte para a próxima fase.

Publicidade

Estamos na recta final para conhecermos todas as equipas apuradas para a fase de grupos da Liga Europa de futebol.

Nesta quinta-feira 17 de Agosto, dois clubes portugueses, Sporting de Braga e Marítimo, e um clube francês, Marselha, vão disputar a primeira mão dos respectivos jogos.

Braga, uma incógnita islandesa

Para o Braga será uma verdadeira aventura visto que jogam na Islândia frente à equipa do FH Hafnarfjordur. Um clube pouco conhecido e pouco habituado a estar presente nesta fase da prova.

Em entrevista à RFI Kassim Doumbia, defesa maliano de 26 anos do FH Hafnarfjordur, fez uma antevisão do encontro frente ao Sporting de Braga e admitiu que a sua equipa vai dar tudo para vencer e chegar pela primeira vez na história do futebol islandês à fase de grupos da Liga Europa.

Kassim Doumbia, defesa do FH Hafnarfjordur

Kassim Doumbia admitiu que a tarefa não será nada fácil frente ao clube português: "Toda a gente sabe que não vai ser um jogo fácil. Admito que não conhecemos muito a equipa do Braga, mas o Braga tem muitos brasileiros, o que deixa antever uma equipa que é técnica e que gosta de ter a bola nos pés, quer dizer ter muita possessão".

O defesa maliano quer no entanto fazer história no futebol islandês: "Frente ao Braga vamos tentar tudo para chegar à fase de grupos porque seria a primeira vez que um clube islandês conseguiria esse feito. Queremos fazer história no futebol islandês ao ultrapassar a equipa portuguesa, mas sabemos que vai ser complicado frente ao Braga. Teremos as nossas oportunidades frente ao Braga, e numa eliminatória a duas mãos, há sempre uma hipótese de apuramento".

O jogador de 26 anos afirmou que as condições climatéricas podem ser favoráveis à equipa islandesa: "Claro que a primeira mão pode nos ser favorável. Nós estamos habituados a jogar no frio, debaixo de chuva ou ainda com más condições. Aqui pode haver tudo à mistura, vento, frio, chuva. Então claro que isso pode nos ajudar. Temos de fazer um bom jogo em casa, não sofrer golos, para depois fazer uma boa exibição em Portugal, na óptica de chegar à fase de grupos. Sabemos que não vai ser fácil porque o Braga é uma equipa que está habituada à Liga Europa, eles têm a experiência", concluiu.

Marítimo, um poderoso adversário na Ucrânia

A eliminatória não parece nada fácil para os portugueses do Marítimo que vão defrontar os ucranianos do Dínamo Kiev. Um adversário que já venceu a Taça das Taças por duas vezes em 1975 e 1986, e é um clube habituado a estar todos os anos presente na Liga dos Campeões.

De notar ainda que o Dínamo Kiev já conquistou 15 títulos de Campeão na Ucrânia, bem como 11 Taças e 6 SuperTaças. A primeira mão realiza-se na Ilha da Madeira no terreno do Marítimo.

Marselha, deslocação à Eslovénia

O Marselha, a única equipa francesa presente nesta fase da prova, vai defrontar um adversário pouco conhecido, à semelhança do Sporting de Braga.

Os marselheses deslocam-se ao terreno dos eslovenos do Domžale, uma equipa que eliminou na ronda precedente os germânicos do Friburgo por 2-1 no conjunto das duas mãos. Um jogo em aberto para cada uma das equipas.

A segunda mão deste play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa decorre na quinta-feira 24 de Agosto.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.