Rússia

Rússia alarga "lei dos estrangeiros" aos media

Rússia alarga "lei dos estrangeiros" aos média
Rússia alarga "lei dos estrangeiros" aos média Sputnik/Mikhail Klimentyev/Kremlin via REUTERS

Os deputados russos adoptaram esta quarta-feira uma lei que vai permitir ao governo registar como “agentes do estrangeiro” todos os meios de comunicação internacionais que recebam financiamento do exterior, informou a imprensa russa.

Publicidade

Esta é a resposta de Moscovo à ordem dada por Washington à televisão russa RT nos Estados Unidos, que se viu obrigada esta semana a registar-se como "agente estrangeiro". Com a aprovação deste diploma os deputados alargam aos meios de comunicação social uma lei que criada em 2012 e que até agora abrangia apenas as organizações não-governamentais.

Citado pela agência russa Ria Novosti, o vice- presidente da câmara baixa do parlamento, afirmou que as autoridades foram obrigadas a tomar esta decisão, contudo garantiu que esta lei não terá qualquer impacto sobre a liberdade de imprensa no país.

A Lei de 2012 sobre os "agentes do estrangeiro" obriga as ONG'S, que beneficiam de um financiamento do estrangeiro e que tenham uma actividade política, a registarem-se com a denominação "agente do estrangeiro", numa alusão à que era utilizada pela antiga URSS para qualificar os dissidentes.

A lei obriga igualmente as entidades em causa a prestarem informações às autoridades sobre a situação financeira e a precisarem nos documentos que são agentes do estrangeiro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI