Convidado

Quem vai acabar com o conflito na Síria?

Áudio 06:37
A cidade de Raqqa na Síria.
A cidade de Raqqa na Síria. Delil souleiman / AFP

O Chefe de Estado russo, Vladimir Putin, tem estado reunido nestes últimos dias com os actores principais do conflito na Síria, inclusive Bashar al-Assad, o presidente sírio, Recep Tayyip Erdogan, o homólogo turco, ou ainda Hassan Rohani, o líder iraniano. Vladimir Putin exigiu "concessões" de todas as partes, "incluindo do governo sírio" e afirmou que vai organizar uma conferência na Rússia com a presença do regime sírio e da oposição para que esse país saia da crise actual. Uma reunião que choca com uma outra, já prevista, para 28 de Novembro em Genebra na Suíça, organizada pela ONU.O nosso convidado Rogério Leitão, politólogo português e professor de relações internacionais na Universidade de Coimbra, analisou a estratégia de Vladimir Putin, bem como a luta entre as grandes potências mundiais para resolver em primeiro o conflito, e afirmou ainda que o problema do extremismo na região continua patente e não vai desaparecer de um dia para o outro.