Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Ataque em igreja egípcia causa nove mortos

Atentado na igreja Mar Mina no sul do Cairo
Atentado na igreja Mar Mina no sul do Cairo REUTERS/Amr Abdallah Dalsh
Texto por: Lígia ANJOS
2 min

O Egipto registou hoje um ataque armado que vitimou mortalmente nove pessoas numa igreja cristã copta em Helwan, um distrito que fica na zona Sul do Cairo.

Publicidade

Os dois atacantes abriram fogo na entrada da igreja de Mar Mina, carregavam explosivos e dispararam indiscriminadamente apesar da igreja estar protegida por guardas à porta, uma política de segurança devido à aproximação das festas.

O atacante terá ferido cinco agentes de segurança, que o tentaram travar. Acabou por ser abatido no local pelas autoridades egípcias. Foi também já detido um segundo homem, suspeito de ser cúmplice neste ataque que ainda não foi reivindicado.

Pelo menos três polícias perderam a vida, as restantes seis vítimas são civis que se encontravam no local. Dois dos feridos são mulheres e encontram-se em estado grave.

Este ano, o auto-proclamado Estado islâmico reclamou a responsabilidade de vários atentados contra os cristãos coptas no país. Os coptas, como se chamam os cristãos no Egipto, têm sido vítimas frequentes de atentados. O último e mais mortal, aconteceu no Domingo de Ramos, quando mais de 40 fiéis morreram em dois ataques no norte do país.

 Até ao momento, nenhum grupo reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.