França

Evacuações em Notre-Dame-des-Landes

Esta operação de expulsões que visa, segundo o governo, evacuar uma centena de "ilegais" foi marcada por confrontos.
Esta operação de expulsões que visa, segundo o governo, evacuar uma centena de "ilegais" foi marcada por confrontos. REUTERS/Stephane Mahe

Começou a operação de evacuação da ZAD (zona com planeamento diferido) de Notre-Dame-des-Landes, perto de Nantes, no oeste do país, 3 meses depois de o governo ter anunciado que não iria dar luz verde à concretização do polémico projecto de construção de aeroporto naquela zona.

Publicidade

Quando o governo anunciou que renunciava à construção do novo aeroporto de Nantes, um projecto com mais de duas décadas que abalou a opinião pública francesa durante largos anos, o executivo referiu que seria firme relativamente à centena de ocupantes ilegais dessa zona onde se dedicam essencialmente à agricultura.

Esta madrugada, uns 2500 polícias foram enviados para desalojar esses ocupantes que, mesmo depois do abandono do projecto governamental, tinham prometido não arredar pé dessa região. Esta operação deu azo a confrontos entre os chamados "zadistas" e as forças da ordem. De acordo com as autoridades locais, hoje cumpriu-se o objectivo de desmantelar cerca de 40 locais ilegais sobre um total de 97.

Esta operação que a responsável local da polícia, Nicole Klein, refere ser "perfeitamente legal" deveria -segundo a própria disse- "complicar-se cada vez mais". Esta responsável refere que as forças da ordem vão permanecer nessa zona para continuar a operação de evacuações amanhã e que vai ser necessária designadamente a presença de oficiais de justiça no local.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI