Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Parlamento português chumba morte medicamente assistida

Parlamento português chumba morte medicamente assistida
Parlamento português chumba morte medicamente assistida lusa
Texto por: RFI
3 min

O Parlamento português chumbou os projectos de lei sobre a despenalização da eutanásia. 229 deputados votaram os quatro projectos de lei do PAN, BE, PS e PEV sobre a despenalização da morte medicamente assistida.

Publicidade

A Assembleia da República portuguesa votou na terça-feira, 29 de Maio, deputado a deputado, os projectos de lei do Partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN), Bloco de Esquerda (BE), Partido Socialista (PS) e Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) acreditam que os seus projectos sobre morte medicamente assistida vão passar no Parlamento e são a resposta a "novas realidades" da sociedade portuguesa.

O diploma do Partido Socialista foi o que recebeu mais votos a favor, 110, com 115 contra e quatro abstenções.

O projecto do PAN teve 107 votos a favor, 116 contra e 11 abstenções. O projecto do Bloco Esquerda recebeu 117 votos contra, 104 a favor e oito abstenções. O diploma do PEV recolheu 104 votos favoráveis, 117 contra e oito abstenções.

A Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, afirmou que os enfermeiros estavam “preparados para os dois cenários” sobre os projectos de despenalização da eutanásia, ontem chumbados no Parlamento.

Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.