Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Hino de apoio a Portugal: “Rússia 2018, Assalto ao Kremlin”

Treino da selecção portuguesa em Sochi, 14 de Junho de 2018
Treino da selecção portuguesa em Sochi, 14 de Junho de 2018 REUTERS / Lucy Nicholson
Texto por: RFI
2 min

Portugal e Espanha testam esta sexta-feira, em Sochi, as ambições no Mundial 2018. Ambas selecções perfilam como as favoritas no Grupo B. Os hinos de apoio à equipa das quinas vão multiplicando-se. Entre eles encontramos “Rússia 2018, Assalto ao Kremlin”.

Publicidade

O hino de apoio à selecção portuguesa “Rússia 2018, Assalto ao Kremlin” faz parte dos muitos hinos que têm surgido nestes últimos dias, mas este tem a particularidade de ter sido composto em Paris.

O hino cruza-se com Paris e foi um trabalho de entusiasmo conta António Manuel Ribeiro, vocalista dos UHF;"estava a caminho de Paris quando recebi o poema. Nós trabalhámos de madrugada, de noite e entregámos tudo. Curiosamente quando estamos nestas campanhas com a selecção, nós conseguimos esbater as cores clubísticas e tornamo-nos todos mais portugueses. Um país também precisa dessa elevação na alegria da emoção que uma selecção pode trazer".

"A selecção une, a selecção é nossa, a selecção no fundo é o melhor que nós temos no futebol. O nosso futebol são aqueles 23 jogadores que foram para a Rússia representam o país desde a pessoa mais instruída até à pessoa mais modesta. Nós estamos todos unidos e é assim que eu quero ver a coisa", descreve, António Manuel Ribeiro compositor do hino de apoio à selecção portuguesa “Rússia 2018, Assalto ao Kremlin”.

António Manuel Ribeiro sobre hino “Rússia 2018, Assalto ao Kremlin”

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.