Acesso ao principal conteúdo
Arábia Saudita/Canadá

Sauditas rejeitam mediação com o Canadá

Adel bin Ahmed Al-Jubeir, Ministro dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita.
Adel bin Ahmed Al-Jubeir, Ministro dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita. REUTERS/Faisal Al Nasser
Texto por: Marco Martins
4 min

As tensões entre o Canadá e a Arábia Saudita continuam vivas. Esta quarta-feira os sauditas rejeitam qualquer mediação e reflectem desde já a outras medidas contra a Nação da América do Norte.

Publicidade

A Arábia Saudita, através do seu Ministro dos Negócios Estrangeiros, Adel bin Ahmed Al-Jubeir, afirmou que a única solução para pôr fim a este contencioso entre os dois países, seria o Canadá rectificar o seu "enorme erro", rejeitando qualquer mediação, e reflectindo desde já a outras medidas contra a Nação da América do Norte.

Isto tudo ocorre, depois de o Canadá ter pedido a libertação de activistas presos por defenderem direitos civis e das mulheres, a Arábia Saudita respondeu com a suspensão de novos investimentos e ligações comerciais com o país, expulsando o embaixador canadiano e pedindo ao seu enviado no Canadá que abandonasse o país.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros saudita referiu que o pedido foi uma "interferência flagrante" na sua política interna, argumentando ainda que "a atitude negativa e surpreendente do Canadá" tem por base "uma afirmação totalmente falsa e incorrecta".

Por fim os sauditas dediciram transferir cerca de 10 mil estudantes, que estavam no Canadá, para outros países, cortaram de imediato os acordos de intercâmbio de estudantes.

Crónica sobre as tensões entre a Arábia Saudita e o Canadá.

Crónica de Marco Martins

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.