Acesso ao principal conteúdo
Arábia saudita

Muçulmanos começaram peregrinação anual a Meca

Muçulmanos do mundo inteiro começaram hoje a peregrinação anual a Meca, Arábia saudita
Muçulmanos do mundo inteiro começaram hoje a peregrinação anual a Meca, Arábia saudita REUTERS/Ali Jarekji
Texto por: João Matos
4 min

Mais de 2 milhões de fiéis muçulmanos começaram, este domingo, num clima de fervor e sob um sol abrasador, a peregrinação anual, a Meca, numa Arábia saudita em transformação, mas acusada, por Qatar, de impedir a viagem dos seus cidadãos, à cidade sagrada. 

Publicidade

Meca, cidade santa dos muçulmanos, na Arábia saudita, começou, este domingo, a receber mais de 2 milhões de fiéis, no quadro da peregrinação anual.

Uma peregrinação que acontece num clima de grande fervor dos muçulmanos debaixo de um sol abrasador, mas também, numa Arábia saudita, em mutação, apesar do Islão conservador manter um lugar central.

Este encontro religioso anual a Meca, um dos mais importantes no mundo, representa um desafio logístico para as autoridades sauditas que, no entanto, declararam estar à altura de garantir a segurança dos fiéis e do lugar santo.

A peregrinação a Meca, Hadj, é um dos 5 pilares do Islão que todo o muçulmano deve cumprir, pelo menos uma vez na sua vida, se tiver meios.

Meios tem Qatar, um dos emirados mais ricos da região, que no entanto, se queixa, em ver os seus cidadão impedidos pela Arábia Saudita de fazer a peregrinação à cidade santa de Meca. 

Pelo segundo ano consecutivo, Qatar, que está em crise diplomática com a Arábia saudita, vê-se penalizado pelas autoridades sauditas.

Mas a Arábia saudita, replica, que, pelo contrário, é Catar que entrava a deslocação dos seus cidadãos à cidade sagrada.

Cerca de  1.200 cidadãos de Qatar, podiam em princípio fazer a peregrinação, segundo um sistema de quotas por país, mas as autoridades do pequeno emirado, afirmam que os seus cidadãos não conseguem inscrever-se no site do ministério saudita da Peregrinação.

De fora cidadãos do Qatar, cada um dos outros fiéis muçulmanos, que teve luz verde, pode até sexta-feira, repetir, em uníssono, "Alá, eis-me perante ti", para, humildemente, pedir a tua clemência.

Começou peregrinação de muçulmanos a Meca

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.