Acesso ao principal conteúdo
MUNDO

Israel acusa Irão de armazenar armas nucleares

Pre
Pre Reuters
Texto por: RFI
2 min

A situação do Medio Oriente esteve  nesta quinta-feira (27 de Setembro) em foco na Assembleia Geral da ONU com a intervenção, nomeadamente, do primeiro-ministro israelita acusando o Irão de armazenar equipamentos nucleares.

Publicidade

O Primeiro-ministro israelita, acusou o Irão de possuir um lugar em Teerão onde armazenaria equipamentos nucleares.

Pelo que Benjamin Netanyahu foi categórico garantindo que o Irão não teria abandonado o seu programa.

Durante o seu discurso, na Assembleia Geral da ONU, exibiu algumas imagens do local onde o material estaria guardado e pediu a rápida inspecção da agencia atómica das Nações Unidas, antes que os iranianos esvaziem o local.

Bahram Qassemi, porta-voz do Ministério iraniano dos Negócios Estrangeiros, negou de imediato as acusações do líder israelita, classificando a sua intervenção como, " Falsa, sem interesse e inútil".

Mahmoud Abbas disse que os Estados Unidos não podem ser o único mediador do conflito entre os dois Estados.

Não obstante Donald Trump ter defendido, pela primeira vez, uma solução com dois Estados.

Na óptica de Abbas, o presidente norte-americano põe em perigo precisamente essa solução de dois Estados, ou seja o Estado da Palestina de de Israel.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.