Acesso ao principal conteúdo
Japão

Imperador japonês abdica a favor do filho

O imperador japonês Akihito durante o seu discurso de abdicação em Tóquio neste dia 30 de Abril de 2019.
O imperador japonês Akihito durante o seu discurso de abdicação em Tóquio neste dia 30 de Abril de 2019. REUTERS
Texto por: Liliana Henriques
7 min

Depois de 30 anos de reinado, o imperador Akihito, com 85 anos de idade, abdicou hoje numa curta cerimónia e proclamou a sucessão pelo seu filho Naruhito, 59 anos, que amanhã sobe ao trono dos Crisântemos, no quadro de uma lei de excepção que permite a sucessão antes da morte do imperador. Esta é a primeira vez em 200 anos que um soberano japonês deixa poder ainda em vida.

Publicidade

O imperador Akihito foi o primeiro soberano a subir ao trono em 1990, seguindo os preceitos definidos na Constituição japonesa do pós-segunda guerra mundial. O seu pai, o imperador Hirohito, tinha subido ao trono em 1926, numa época em que era tido como uma divindade por ser tradicionalmente aceite que os imperadores eram descendentes dos deuses, título do qual acabou por desistir depois da capitulação do Japão em 1945, no final da segunda grande guerra.

Esta abdicação que se torna uma realidade hoje à meia-noite, foi anunciada em 2016, o imperador tendo invocado a sua idade e o seu estado de saúde para passar o testemunho. Esta transição de poder traduz-se também na passagem para uma nova era. A era de Akihito denominada de "Heisei", "concretização da paz" deixa lugar a partir de amanhã à era da "Reiwa", "venerável harmonia".

Discursando hoje perante 300 convidados, entre os quais o chefe do governo japonês, o imperador Akihito declarou esperar que "a nova era Reiwa que começa amanhã seja pacífica e frutífera", o soberano referindo ainda "rezar pela paz e a felicidade do país e do mundo".

Este processo de abdicação do imperador Akihito não termina contudo amanhã. Durante os próximos meses, vão ser organizadas várias cerimónias alusivas ao evento, nomeadamente no 22 de Outubro em que que novo imperador Naruhito será entronizado na presença de Chefes de Estado e de numerosas outras personalidades.

Em entrevista à RFI, João Ribeiro, presidente da associação Amizade Portugal Japão falou da importância e simbolismo deste acontecimento no Japão.

João Ribeiro, presidente da associação Amizade Portugal Japão

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.