Acesso ao principal conteúdo
EUA

Trump suspende viagens da Europa para os EUA

Donald Trump suspende viagens entre Europa e Estados Unidos durante 30 dias devido ao coronavírus, 11 de Março.
Donald Trump suspende viagens entre Europa e Estados Unidos durante 30 dias devido ao coronavírus, 11 de Março. Doug Mills/Pool via REUTERS
Texto por: Lígia ANJOS
2 min

Donald Trump anunciou na noite desta quarta-feira a suspensão, durante os próximos 30 dias, de todas as viagens da Europa para os Estados Unidos da América (EUA). A única excepção é o Reino Unido.

Publicidade

"Para impedir que novos casos entrem no nosso país, vou suspender todas as viagens da Europa para os Estados Unidos pelos próximos 30 dias", informou o Presidente norte-americano.  Nos EUA há mais de mil casos de coronavírus e 37 pessoas morreram devido à pandemia.

A Casa Branca esclareceu posteriormente, em comunicado que apenas as viagens de origem de qualquer um dos 26 países do Espaço Schengen, sem fronteiras, estão restritas. Ou seja, países como o Reino Unido e a Irlanda não serão afectados.

A União Europeia criticou a decisão "unilateral" do presidente norte-americano para prevenir a propagação do coronavírus.

"A UE desaprova o facto de que (...) a proibição de viajar tenha sido adoptada de forma unilateral e sem consulta", afirmou a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o Presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

As autoridades europeias indicaram que a UE "está a adoptar medidas enérgicas para limitar a propagação do vírus" e que se trata de "uma crise mundial que requer cooperação em vez de acções unilateral".

Ontem à noite, o Presidente americano anunciou a proibição de entrada para os estrangeiros procedentes da Europa, uma medida temporária, que não se aplica ao Reino Unido e que deu origem a uma nova crise nos mercados.

"O nacionalismo não é a resposta à Covid-19, porque os vírus não se importam com as fronteiras, nem com as nacionalidades", afirmou o eurodeputado liberal e antigo primeiro-ministro belga Guy Verhofstadt.

O Departamento de Estado americano também pediu aos americanos que não viajem para fora do país.

Segundo o último balanço, a Europa registava esta quinta-feira 22.969 casos do novo coronavírus e 947 mortos.

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.