Acesso ao principal conteúdo
Vida em França

França há quarto semanas em confinamento

Áudio 08:49
Ministro da educação francês, Jean-Michel Blanquer
Ministro da educação francês, Jean-Michel Blanquer RFI
Por: Lígia ANJOS

A França entrou na quarta semana de confinamento com medidas reforçadas. Deste esta quarta-feira foram proibidas as saídas para exercício físico entre as 10h e as 19h.

Publicidade

Os motivos para saídas autorizadas são o trabalho, compras de bens essenciais, assistência à família, saídas curtas para exercício físico num raio de um quilómetro da residência, idas ao médico em caso de urgência e intimação das autoridades.

Para circularem na via pública, os franceses precisam de se fazer acompanhar de uma declaração de honra que estão a respeitar as regras em vigor.

O ministro da Saúde francês alertou para o facto de que o país ainda não atingiu o pico da epidemia da Covid-19. 

O ministro da Educação francês, Jean-Michel Blanquer, anunciou o cancelamento de todos os exames, marcados para entre 17 a 24 de Junho. No entanto, o governo francês não descarta para já a hipótese de as aulas presenciais serem retomadas no próximo mês de Maio, neste caso, o ano lectivo prossegue até ao dia 4 de Julho com mais aulas do que o habitual.

 A França entrar na quarta semana consecutiva de confinamento, e é difícil não conseguir projectar o fim da quarentena alerta Victor Pereira, historiador e professor na Universidade de Pau.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.