Acesso ao principal conteúdo
Convidado

EUA: Afro-americanos entre os mais afectados pelo Covid-19

Áudio 08:10
Bairro francês na cidade de Nova Orleães, Estados Unidos da América.
Bairro francês na cidade de Nova Orleães, Estados Unidos da América. REUTERS - CARLOS BARRIA

 Nos Estados Unidos, dados preliminares do Centro de Rastreio de Doenças revelam que a comunidade afro-americana representa cerca de 30% dos pacientes que contraiu Covid-19, independentemente da população negra representar apenas 13% dos habitantes.

Publicidade

Ainda de acordo com o Centro de Rastreio de Doenças, nos Estados do Louisiana e do Michigan, a comunidade afro-americana é a que mais tem morrido em tempo de pandemia do novo coronavírus.

Valdir Alves, jornalista cabo – verdiano, residente em Boston, diz que o facto desta comunidade estar na linha da frente faz com que seja mais afectada.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.