Acesso ao principal conteúdo
Itália/Saúde/Medicina

Itália inicia primeira etapa para fim gradual de confinamento

O Primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte,país que iniciou no dia 4 de Maio de 2020 a primeira etapa para o fim do confinamento.
O Primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte,país que iniciou no dia 4 de Maio de 2020 a primeira etapa para o fim do confinamento. Palazzo Chigi press office/AFP/File
Texto por: RFI
4 min

Depois de dois meses de confinamento, a Itália iniciou, na segunda-feira, a primeira etapa para o restabelecimento da normalidade que vai possibilitar 4,5 milhões de trabalhadores deslocarem-se aos seus empregos e as famílias reunirem-se, com algumas restrições.No âmbito da flexibilização das regras de confinamento, o governo italiano prevê, nomeadamente, a reabertura do pequeno comércio, como por exemplo restaurantes, que serão autorizados a cozinhar pratos para serem consumidos a domicílio.   

Publicidade

Possibilidade de visitar a sua família, de reunir-se em número restrito, reabertura das fábricas e dos parques públicos, realizar funerais com o  máximo de quinze pessoas, andar de bicicleta, comprar comida nos restaurantes para consumo a domicílio, os italianos encetaram na segunda-feira a primeira etapa para a normalidade, depois de dois meses de confinamento.

Cerca de quatro milhões e meio de pessoas, de sectores em que o teletrabalho não é possível como a construção civil, fábricas, manutenção de  mercadorias e alguns escritórios, retomaram segunda-feira o seu trabalho, no âmbito das medidas de flexibilização do confinamento, sob regras restritas, como o respeito do distanciamento social, decididas pelo governo italiano, chefiado por Guiseppe Conte.

País europeu, mais afectado pela crise de covid-19, a Itália regista a morte de 29.000 pessoas.O regresso gradual à normalidade da Itália, é marcado também por uma baixa do número de mortos, que de acordo com a Agência Italiana de Defesa Civil, diminuiu, de um dia para outro, de 474 para 174.

Paralelamente ao fim do confinamento, as autoridades italianas decidiram acelerar o rastreio das pessoas, de modo a reduzir a propagação da covid-19.  

Levantamento do confinamento em Itália

                 

      

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.