Acesso ao principal conteúdo
França/Economia

Estado francês propõe resgate de sector automóvel afectado por crise sanitária

O Presidente Emmanuel Macron com uma máscara de protecção durante a sua visita à firma Valeo em Étaples,no norte da França, região de Calais, onde ele apresentou, no dia 26 de Maio, o pacote de resgate da indústria automóvel francesa afectada pelas consequências da crise de Covid-19.
O Presidente Emmanuel Macron com uma máscara de protecção durante a sua visita à firma Valeo em Étaples,no norte da França, região de Calais, onde ele apresentou, no dia 26 de Maio, o pacote de resgate da indústria automóvel francesa afectada pelas consequências da crise de Covid-19. AFP - LUDOVIC MARIN
Texto por: RFI
4 min

O Presidente Emmanuel Macron apresentou, na terça-feira, um pacote de resgate da indústria automóvel francesa, cuja difícil situação foi agravada pela crise sanitária, que levou a suspensão das actividades económicas em França durante dois meses. No pacote de resgate está também incluído um plano de modernização do sector, em França, de forma que o automóvel francês se adapte as exigências ambientais.

Publicidade

No âmbito do pacote de resgate apresentado, na tarde desta terça-feira pelo Presidente Emmanuel Macron em Étaples, no norte da França, o Estado atribuirá ao sector automóvel, uma ajuda ligeiramente superior à 8 mil milhões de euros.

De acordo com o chefe de Estado francês, o objectivo é fazer da França a primeira nação produtora de veículos, que respeitem as normas ambientais na Europa.

De forma a alcançar o referido objectivo, Emmanuel Macron afirmou que a meta é produzir mais de um milhão de viaturas eléctricas, híbridas recarregáveis e híbridas, anualmente, durante cinco anos.

Paralelamente, com vista a relançar as vendas, que registaram uma baixa importante durante a suspensão das actividades motivada pela crise de Covid-19, o Presidente Macron anunciou o aumento do bónus ecológico para 7000 euros, destinado aos particulares que desejarem adquirir uma viatura eléctrica, de 5000 euros para as empresas, bem como de 2000 para a compra de híbridas recarregáveis.

Uma ajuda de 3000 euros será igualmente concedida aos cidadãos mais modestos, que tencionem substituir o seu velho veículo a gasolina ou a gasóleo, por um novo.

De acordo com o Presidente Emmanuel Macron, o pacote de resgate visa preservar o emprego no sector industrial francês, que vai ser confrontado com uma das crises mais graves da sua história.

Estado francês propõe resgate de indústria automóvel

   

   

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.