Acesso ao principal conteúdo
Estados Unidos/Ciência

Sucesso do voo da nave espacial americana Dragon da SpaceX em parceria com NASA

A nave espacial Crew Dragon de SpaceX que atracou na Estação ESpacial Internacional domingo,dia 31 de Maio de 2020.
A nave espacial Crew Dragon de SpaceX que atracou na Estação ESpacial Internacional domingo,dia 31 de Maio de 2020. JOE RAEDLE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / GETTY IMAGES VIA AFP
Texto por: RFI
2 min

A nave espacial Crew Dragon da SpaceX, que leva a bordo dois astronautas da NASA americana, atracou na Estação Espacial  Internacional, no domingo, depois de ter efectuado com sucesso o seu voo,iniciado no sábado. O voo é o primeiro realizado, exclusivamente por uma tripulação americana, em dez anos.  

Publicidade

O  voo efectuado pela nave Crew Dragon da SpaceX, para  além de ser exclusivamente americano, assinala também o primeiro investimento do sector privado dos Estados Unidos, na exploração do espaço.

A SpaceX, que trabalhou em parceria com a NASA para o lançamento da missão, é  uma firma fundada em 2002 pelo empresário Elon Musk.

O início da atracagem da nave espacial americana à Estação Espacial Internacional ocorreu a partir das  10h16, horário da costa leste americana, e 14h16 GMT, ligeiramente antes da hora prevista.

Na altura, a Estação Espacial Internacional orbitava a 262 milhas, o  equivalente de 422 kms, por cima  da fronteira entre a Mongólia e o norte da China.  

Bob Behnkhen e o seu colega Doug Hurley, ambos veteranos do programa Space Shuttle encerrado em 2011, são os dois astronautas a bordo da SpaceX. Eles vão, em seguida, trabalhar  em conjunto com o seu compatriota Chris Cassidy e mais dois astronautas russos, que já se encontram na Estação Espacial Internacional.

 Os dois tripulantes da nave espacial Crew Dragon, levaram 19 horas  para chegar a posição orbital da Estação Internacional, a uma velocidade de 17,500 milhas por hora, ou seja, a  28.000 kms por hora. 

A missão denominada "Demo-2" põe fim ao monopólio governamental americano no que toca às missões espaciais e representa o derradeiro ensaio antes de a NASA certificar a nave espacial Crew Dragon, para voos regulares.

Sucesso do voo da nave espacial americana Crew Dragon em parceria com NASA 31 05 2020

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.