Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Caso George Floyd: “A humanidade não tem cor”

Áudio 07:07
Mais de dez mil pessoas detidas nos EUA em oito dias de protestos contra o racismo e a violência policial.
Mais de dez mil pessoas detidas nos EUA em oito dias de protestos contra o racismo e a violência policial. REUTERS - KACPER PEMPEL

Mais de dez mil pessoas detidas nos Estados Unidos da América em oito dias de protestos contra o racismo e a violência policial. Los Angeles contabiliza mais de um quarto das detenções nos Estados Unidos, seguindo-se Nova Iorque, Dallas e Filadélfia.

Publicidade

A morte a 25 de Maio de George Floyd, um afro-americano de 46 anos, em Minneápolis, no Estado de Minnesota acabou por desencadear uma onde de contestação generalizada. Floyd sucumbiu depois de um polícia lhe ter pressionado o pescoço com o joelho durante mais de oito minutos numa operação de detenção, por supostamente tentar pagar uma conta numa loja com uma nota falsa de 20 dólares.

George Floyd morreu dois minutos antes de o agente retirar o joelho, apesar de repetidamente ter dito ao polícia que não conseguia respirar. Duas autópsias confiram que Floyd morreu por asfixia.

O vídeo da detenção e morte deste afro-americano foi colocado nas redes sociais e a partir daí multiplicaram-se as condenações e os pedidos de justiça. Com os protestos nas ruas de várias cidades americanas a ganharem cada vez mais expressão, mas nos últimos dias marcados pela violência.

Ontem o procurador-geral do Minnesota decidiu agravar a acusação contra o polícia acusado da morte de George Floyd. Derek Chauvin é agora acusado de homicídio em segundo grau, os outros três polícias, que estavam presentes na operação de detenção, vão ser acusados de cumplicidade.

Guenny Pires, oriundo da ilha do Fogo em Cabo Verde, cineasta em Los Angeles na Califórnia, sublinha que o descontentamento geral da população fomenta os protestos, dá-nos conta da situação no terreno e espera que justiça seja feita neste caso.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.