Acesso ao principal conteúdo
Desporto

Adriano Facchini: «Retoma do futebol turco permite-nos sonhar com subida»

Áudio 10:07
Adriano Facchini, guarda-redes brasileiro do Giresunspor.
Adriano Facchini, guarda-redes brasileiro do Giresunspor. © Cortesia Adriano Facchini
Por: Marco Martins
32 min

A bola rola um pouco por toda a Europa, inclusive em Portugal e na Alemanha, no entanto ainda não recomeçaram as ligas na Inglaterra, na Espanha e na Itália.

Publicidade

Durante este mês de Junho quase todos os campeonatos europeus já terão retomado. A Liga Turca, que foi interrompida apenas a 16 de Março, retoma a 12 de Junho para a primeira divisão e a 19 de Junho para a segunda.

A RFI falou com Adriano Facchini, guarda-redes brasileiro do Giresunspor, clube do segundo escalão que luta para subir à primeira divisão.

Adriano Facchini, guarda-redes brasileiro do Giresunspor.
Adriano Facchini, guarda-redes brasileiro do Giresunspor. © Cortesia Adriano Facchini

Para o futebolista brasileiro de 37 anos esta retoma vai permitir ao clube sonhar com o principal objectivo da temporada que é a subida. Adriano Facchini lembrou também como foram estes meses de pandemia em que ele teve mais tempo para a sua família.

 

Adriano Facchini, guarda-redes brasileiro do Giresunspor

 

Adriano Facchini, guarda-redes de 37 anos, representou o União da Madeira, o Gil Vicente, o Nacional da Madeira e o Desportivo das Aves em Portugal, bem como o Al-Batin na Arábia Saudita, isto sem esquecer o Karabükspor e o Giresunspor na Turquia.

A equipa do Giresunspor.
A equipa do Giresunspor. © Cortesia Adriano Facchini

Recorde-se que alguns campeonatos decidiram parar definitivamente por causa da pandemia de Covid-19, como por exemplo a França, a Holanda e a Bélgica.

DESPORTO 08-06-2020 MM

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.