Futebol

Futebol: Juventus com Cristiano Ronaldo assegurou apuramento para final da Taça

Cristiano Ronaldo não marcou na segunda mão da meia-final da Taça de Itália, no entanto a Juventus apurou-se para a final.
Cristiano Ronaldo não marcou na segunda mão da meia-final da Taça de Itália, no entanto a Juventus apurou-se para a final. © AFP

A retoma não podia ter corrido melhor para a Juventus que contou com a presença do internacional português Cristiano Ronaldo. Os ‘bianconeri’ alcançaram o apuramento para a final da Taça de Itália.

Publicidade

A Juventus, a jogar em casa, entrou forte no encontro da segunda mão da meia-final da Taça de Itália perante o AC Milan.

A primeira grande oportunidade de golo para a equipa de Turim ocorreu aos 16 minutos com uma grande penalidade assinalada por um toque com o braço na bola de Andrea Conti num canto. No entanto o avançado português, Cristiano Ronaldo, falhou a grande penalidade, a bola batendo no poste.

O resultado não sofria alteração e mantinha-se sem golos.

O jogo acabou por ser alterado a nível dos jogadores. Aos 17 minutos o croata do AC Milan, Ante Rebic, foi expulso com um cartão vermelho directo por uma falta sobre o defesa brasileiro Danilo.

A dez contra 11, as dificuldades eram maiores para a equipa de Milão, no entanto os pupilos do técnico italiano Stefano Pioli resistiram e o empate sem golos mantinha-se no intervalo.

A segunda parte trouxe uma novidade do lado do AC Milan com a entrada dentro das quatro linhas do avançado luso-angolano Rafael Leão, substituindo o médio italiano Giacomo Bonaventura.

Os últimos 45 minutos pouco ou nada trouxeram ao jogo. A Juventus dominou e teve oportunidades de golo com remates de Cristiano Ronaldo, do argentino Paulo Dybala, e do colombiano Juan Cuadrado.

Reduzido a 10 elementos, o AC Milan teve dificuldades em criar oportunidades de golo.

Primeira mão foi decisiva

O resultado fixou-se num empate sem golos. A Juventus, onde actua o avançado luso Cristiano Ronaldo, apura-se para a final da Taça de Italia visto que na primeira mão, o jogo entre as duas equipas terminou com um empate a uma bola no Estádio San Siro em Milão. Nesse encontro o golo dos milaneses foi apontado pelo avançado croata Ante Rebic, enquanto o empate da ‘vecchia signora’ foi da autoria do avançado português Cristiano Ronaldo.

O golo apontado fora pela equipa de Turim acabou por ser decisivo no apuramento para a final, neste encontro que marcou o regresso aos relvados do futebol italiano após mais de três meses de paragem devido à pandemia de Covid-19.

De notar que o avançado português Cristiano Ronaldo, que passou o confinamento na Ilha da Madeira, ainda não venceu a Taça de Itália, aliás é o único título que não conquistou em território transalpino em apenas dois anos. Cristiano Ronaldo já venceu o campeonato 2018/2019, bem como a Supertaça em 2018.

O AC Milan foi afastado da prova. Recorde-se que a equipa de Milão conta com um internacional português, o avançado com origens angolanas, Rafael Leão, que chegou no Verão de 2019 ao clube italiano proveniente do Lille, em França, ele que foi formado no Sporting Clube de Portugal… como Cristiano Ronaldo.

A outra meia-final da Taça de Itália decorre neste sábado, o Inter recebendo o Nápoles no Estádio Giuseppe Meazza. O Nápoles que venceu em casa por 1-0 o Inter de Milão na primeira mão.

A Itália é um dos países mais atingidos pela pandemia de Covid-19, registando mais de 34 mil mortos e mais de 236 mil casos confirmados de novo coronavírus.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI