Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Futebol: Lisboa recebe final a 8 da Liga dos Campeões

Vencedor em 2019 da Liga dos Campeões, o Liverpool não vai defender o seu título em Lisboa, visto que foi eliminado nos oitavos pelo Atlético Madrid.
Vencedor em 2019 da Liga dos Campeões, o Liverpool não vai defender o seu título em Lisboa, visto que foi eliminado nos oitavos pelo Atlético Madrid. © REUTERS/Carl Recine
Texto por: Marco Martins
8 min

A UEFA, organismo que gere o futebol europeu, decidiu atribuir a organização da final a 8 da Liga dos Campeões europeus à capital portuguesa.

Publicidade

Lisboa é o novo palco para terminar a Liga dos Campeões europeus de futebol. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira pela UEFA.

Devido à pandemia de Covid-19, o organismo que gere o futebol europeu decidiu mudar os seus planos. A final deveria decorrer em Istambul, a capital turca, no entanto com um sistema diferente, uma final a 8, dois estádios eram necessários para organizar este evento.

Lisboa mostrou-se disponível para organizar esse evento único com o Estádio José Alvalade e o Estádio da Luz.

Final a 8 inédita

A final a 8 é totalmente inédita. A Liga dos Campeões tem, habitualmente, uma fase de grupos, depois os oitavos, os quartos e as meias são num sistema de jogos em ida e volta, sendo que a final é apenas num encontro num lugar neutro.

Com a pandemia e o atraso das provas europeias, a UEFA decidiu atribuir a Lisboa a organização deste evento único: os quartos, as meias e a final vão ser disputados em apenas uma mão, numa cidade neutra visto que nenhum clube português participa nesta fase da Liga dos Campeões.

Os quartos de final decorrem de 12 a 15 de Agosto, as meias-finais a 18 e 19, enquanto a final vai realizar-se a 23 de Agosto. Todos os jogos vão ter início às 20 horas, hora local.

Os oitavos também em Portugal?

O Paris Saint-Germain, o Atlético Madrid, o RB Leipzig e o Atalanta já garantiram o lugar nos quartos de final da Liga dos Campeões, faltando ainda encontrar quatro equipas.

A Juventus recebe o Lyon, sendo que os franceses venceram na primeira mão por 1-0. O Manchester City acolhe o Real Madrid com uma vantagem de 1-2 adquirida em Madrid. O Chelsea desloca-se ao terreno do Bayern Munique após uma derrota pesada por 0-3 em território britânico. O FC Barcelona e o Nápoles vão defrontar-se na Catalunha, sendo que na primeira mão as duas equipas empataram a uma bola.

A UEFA admitiu que se não houver condições a 7 e 8 de Agosto, a segunda mão dos oitavos-de-final poderá decorrer em Portugal, nas cidades do Porto e de Guimarães. A decisão será tomada a 10 de Julho em Nyon, na Suíça durante o sorteio dos quartos-de-final da Liga milionária.

De notar que o Estádio Ataturk, na Turquia, já não vai receber a final da Liga dos Campeões em 2020, mas vai acolher a competição em 2021.

Com ou sem público nos estádios?

A directora-geral da Saúde portuguesa, Graça Freitas, admitiu que ainda «é precoce dizer» se vai haver público ou não, reforçando que «neste momento, é precoce dizer seja o que for», admitindo no entanto que «quantos mais visitantes forem melhor será para o país, mas desde que sejam cumpridas as regras» sanitárias.

Graça Freitas, directora-geral da Saúde portuguesa

O Presidente da Federação Portuguesa de futebol, Fernando Gomes, também realçou que esta organização poderá ter uma impacto na economia portuguesa e na imagem veiculada pelos portugueses para o estrangeiro: «Os jogos serão vistos por centenas de milhões de pessoas, contribuindo para sublinhar e reforçar a imagem positiva que Portugal deu ao Mundo durante um período que tem sido particularmente difícil e exigente para todos. Em grande parte, digo-o com orgulho, receber estes jogos da Champions só é possível pelo comportamento que os portugueses têm tido – e precisam de continuar a ter – no combate sem tréguas à pandemia Covid-19».

Fernando Gomes sublinhou também a importância que tem este evento: «Receber os jogos decisivos da edição 2019/20 da Liga dos Campeões no nosso País é um acontecimento de um valor extraordinário para Portugal. Mais do que confiar na FPF, a UEFA demonstrou que confia nos portugueses. No Governo, na federação, nos clubes, nas pessoas. Portugal dispõe de boas infraestruturas, uma experiência acumulada na organização de grandes eventos internacionais e capacidade de construir equipas de trabalho de excelência», concluiu o Presidente da Federação Portuguesa de futebol.

Daniel Sá, especialista em 'marketing', em declarações à Agência Lusa, alega que esta seria "a melhor campanha publicitária pós-covid-19" para Portugal.

Daniel Sá, especialista em marketing

Liga Europa na Alemanha e Liga dos Campeões femininos em Espanha

A Liga Europa também vai decorrer num sistema de final a 8 e vai realizar-se na Alemanha. Os quartos, as meias-finais e a final da Liga Europa de futebol vão ter lugar nas cidades alemãs de Colónia, Duisburgo, Düsseldorf e Gelsenkirchen. De referir que os jogos vão decididos em apenas uma mão como na Liga dos Campeões.

No que diz respeito aos oitavos-de-final para a qual ainda nem decorreu nem sequer a primeira mão, serão disputados num único jogo, a 5 e 6 de Agosto.

Quanto à final a 8, os quartos de final vão realizar-se a 10 e 11 de Agosto, as meias-finais vão decorrer a 16 e 17, enquanto a final vai ter lugar a 21 de Agosto em Colónia.

De referir por último que a final da Liga dos Campeões femininos terá lugar em San Sebastian, em Espanha, a 30 de Agosto. O sistema será o mesmo que para os masculinos: os quartos vão decorrer a 21 e 22 de Agosto, as meias serão a 25 e 26, e a final a 30. Os jogos eram todos em apenas uma mão, sendo que os quartos e as meias vão realizar-se em Bilbau e em San Sebastian.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.