Acesso ao principal conteúdo
China/Política

Detenções e nomeação de um duro para chefiar agência de segurança em Hong Kong

Um manifestante exibe a bandeira colonial de Hong Kong no  dia 1 de Julho, data do vigésimo terceiro aniversário da retrocessão à China  do território antigamente administrado pelo Reino Unido.
Um manifestante exibe a bandeira colonial de Hong Kong no dia 1 de Julho, data do vigésimo terceiro aniversário da retrocessão à China do território antigamente administrado pelo Reino Unido. AP - Kin Cheung
Texto por: RFI
2 min

Depois da  entrada em vigor da Lei da Segurança Nacional,  as autoridades de Pequim  começaram  a  efectuar as  primeiras  detenções  e a julgar cidadãos   de  Hong Kong acusados  de  atentar  contra  a segurança. Um  homem, que durante uma manifestação, apelara, através de um cartaz, a "libertação" de  Hong Kong  foi indiciado por  terrorismo e  separatismo. Paralelamente, a China nomeou um adepto da linha dura para chefiar a nova agência nacional de segurança de Hong Kong.   

Publicidade

Detido há dois dias,  o  cidadão de Hong Kong que no decurso de  uma manifestação tinha apelado a libertação da  ilha chinesa, é a primeira pessoa a  cair  sob a alçada  da nova Lei da Segurança Nacional e a ser  acusado  de  terrorismo e separatismo.

Segundo as autoridades de Pequim a citada lei visa lutar contra a subversão, o terrorismo e o separatismo,  bem como o  concluio com forças estrangeiras em Hong Kong .

O jovem de 23 anos, apreendido na quarta-feira,e  também acusado de derrubar durante a manifestação vários polícias que se deslocavam em motocicletas,  foi indiciado porque de agora em diante, slogans como "Libertem Hong Kong" são delitos puníveis pela lei de segurança nacional.

 Nesta sexta-feira o governo chinês nomeou Zheng Yanxiong, um dirigente do Partido Comunista, para chefiar a nova Agência Nacional de Segurança criada  em Hong Kong. Adepto de  uma linha dura, Yanxiong, é conhecido por coordenar as forças da ordem durante as manifestações na China continental.  

A  polícia  de Hong Kong começou igualmente a prender pessoas que possuem bandeirolas e estandartes.

O  activista Nathan Law, fundador do partido pró-democracia, receando ser preso, anunciou a sua fuga para um destino desconhecido. 

Detenções e nomeação de um duro para chefiar agência de segurança em Hong Kong

        

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.