Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Encerramento de fronteiras fragiliza Europa

Áudio 08:13
Reabertura do espaço aéreo de Schengen e ligações aéreas com 15 países extracomunitários.
Reabertura do espaço aéreo de Schengen e ligações aéreas com 15 países extracomunitários. AFP
Por: Lígia ANJOS
10 min

Esta semana fica marcada pela reabertura do espaço aéreo de Schengen e o aumento das ligações aéreas entre os países da União Europeia.

Publicidade

A lista países extra-comunitários que podem realizar voos para os países do Espaço Schengen é curta e resume-se a 15 países: Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Japão, Nova Zelândia, Ruanda, Tailândia, Uruguai, Argélia, Marrocos, Tunísia, e Geórgia, Montenegro e Sérvia.

Fora da lista da Comissão Europeia ficam países como o Brasil, os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa ou ainda os Estados Unidos.

As regras para a retoma de mais voos nos aeroportos, depois da paralisação provocada pela pandemia de Covid-19, enquadram-se nas decisões aprovadas pela Comissão Europeia como nos explica o economista e antigo Vice-Presidente do Parlamento Europeu, António Manuel dos Santos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.