Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Futebol: Final conturbado em Portugal, afinal quem desce?

Os jogadores do Vitória de Setúbal festejaram a manutenção no passado fim de semana, isto antes da decisão da Liga Portuguesa de futebol.
Os jogadores do Vitória de Setúbal festejaram a manutenção no passado fim de semana, isto antes da decisão da Liga Portuguesa de futebol. © LUSA - TIAGO PETINGA
Texto por: Marco Martins
2 min

O campeonato português terminou no passado fim-de-semana com as descidas do Portimonense e do Desportivo das Aves, no entanto a Liga Portugal ordenou a descida de divisão para o terceiro escalão do futebol nacional para o Aves e para o Vitória de Setúbal.

Publicidade

Surpresa no futebol português. Menos de uma semana após a 34ª jornada, a Liga Portuguesa mudou o nome dos clubes que descem de divisão.

Desportivo das Aves e Vitória de Setúbal descem ao terceiro escalão

No passado domingo, o Tondela vencia por 1-2 na deslocação ao terreno do Moreirense, o Vitória de Setúbal derrotava o Belenenses SAD por 2-0, e o Portimonense vencia o Aves por 2-0.

Resultados que ditaram que Tondela, com 36 pontos, Belenenses SAD, 35, e Vitória de Setúbal, 34, continuavam na primeira divisão, enquanto Portimonense, com 33, e Desportivo das Aves, com 17 pontos, desciam.

No entanto os resultados desportivos não são suficientes. A Liga Portuguesa, sobretudo no aspecto financeiro, decidiu mudar o nome dos clubes que descem.

Vitória de Setúbal e… Desportivo das Aves no terceiro escalão

A decisão caiu que nem uma bomba: Vitória de Setúbal e Desportivo das Aves despromovidos da primeira divisão para o Campeonato de Portugal, terceiro escalão do futebol português.

As SAD - Sociedade Anónima Desportiva - dos dois clubes não cumpriram os requisitos necessários para a inscrição nos campeonatos profissionais, primeira e segunda divisões.

Isto implica uma descida da primeira para a terceira divisão portuguesa. Esta decisão resulta do chumbo da Comissão de Auditoria da Liga.

A Comissão de Auditoria da Liga Portuguesa de Futebol Profissional detectou três irregularidades legais dos setubalenses, enquanto os avenses infringiram outros tantos critérios legais e 13 financeiros.

Os dois clubes ainda podem apresentar recursos. Se estas decisões forem confirmadas, o Portimonense pode garantir a permanência na 1ª Liga. E visto que os dois clubes também não podem ser inscritos na segunda divisão, o Cova da Piedade e o Casa Pia poderão ver anulada a descida para o Campeonato de Portugal e integrar a 2ª Liga, versão 2020/21.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.