Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Lesbos: A União Europeia está "num beco sem saída"

Áudio 11:03
A presidente da Comissão Europeia dise hoje que na proxima semana será apresentado um novo pacto migratório europeu que servirá para sarar "as feridas abertas" na União Europeia através de uma "visão humanitária"
A presidente da Comissão Europeia dise hoje que na proxima semana será apresentado um novo pacto migratório europeu que servirá para sarar "as feridas abertas" na União Europeia através de uma "visão humanitária" JOHN THYS / AFP
13 min

No primeiro discurso sobre o estado da União, a presidente da Comissão Europeia defendeu uma verdadeira União da Saúde Europeia e exortou os estados membros a reduzirem as emissões poluentes em 55% até 2030. Ursula Von der Leyen anunciou ainda um novo pacto migratório europeu que servirá para sarar "as feridas abertas" na União Europeia através de uma "visão humanitária". 

Publicidade

O eurodeputado português do Bloco de Esquerdo, José Gusmão, afirma que é "quase obsceno" a presidente da Comissão Europeia dizer que este pacto vai sarar "as feridas abertas", uma vez que se tratam de políticas que reproduzem a agenda da extrema-direita. 

"A proposta que Ursula Von der Leyen apresenta para o campo de refugiados de Moria [na ilha grega de Lesbos] é bastante ilustrativa do beco sem saída que é esta política. Nós temos mais uma tragédia humanitária resultante desta política desumana dos campos de detenção e a proposta de Ursula Von der Leyen para resolver esta tragédia [...] é fazer um novo campo de detenção. A União Europeia só se está a enganar e está a agravar uma crise humanitária, que não vai embora com este tipo de política de condomínio privado", sublinha. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.