Acesso ao principal conteúdo
Espanha/Covid-19

Espanha/Covid-19: região de Madrid reconfina 850.000 pessoas

Espanha reconfina mais de 850.000 pessoas na região de Madrid e arredores, a partir de 21 de Setembro.
Espanha reconfina mais de 850.000 pessoas na região de Madrid e arredores, a partir de 21 de Setembro. REUTERS - YVES HERMAN
Texto por: Miguel Araújo
4 min

Em Espanha o crescimento exponencial de contaminações pela Ccovid na comunidade de Madrid, levou as autoridades a apertarem as liberdades de circulação na capital e cerca de 850 mil pessoas, residentes em 37 zonas sanitárias da capital espanhola, terão a sua mobilidade bastante reduzida devido às novas medidas que entram em vigor esta segunda-feira, 21 de Setembro.

Publicidade

Entraram em vigor esta segunda-feira, 21 de Setembro, as novas medidas de restrição de mobilidade em Madrid, que afectam cerca de 850.000 cidadãos, residentes em seis distritos da capital espanhola.

A presidente da comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, idenfiicou 37 áreas sanitárias, que correspondem aos principais focos de contágio do novo coronavírus, com uma incidência de 1000 casos por cada 100.000 habitantes.

Dentro dessas zonas, que se estendem a 6 distritos, a liberdade de movimentos estará condicionada durante pelo menos, 14 dias.

As entradas e saídas serão limitadas a deslocações para o trabalho, visitas a centros médicos ou estabelecimentos de ensino, regresso a casa ou outros motivos de força maior.

Nas 37 zonas sanitárias afectadas, os bares, restaurantes e lojas terão um limite de lotação de 50% e o horário de encerramento limitado às 22h00.

Estão também proíbidas as reuniões de mais de 6 pessoas na via pública, em toda a comunidade autónoma de Madrid.

Pedro Sánchez, o presidente do Governo espanhol, deseja que estas medidas funcionem, mas está “preparado para outros cenários”. O aviso foi feito na tarde desta segunda-feira, 21 de Setembro, após uma reunião com a presidente da comunidade de Madrid, de onde saiu ainda um acordo para a celebração de reuniões semanais entre o Governo central e o executivo da capital.

Apesar de Madrid ser o epicentro dos novos contágios em Espanha, o novo coronavírus continua a afectar com força outras zonas metropolitanas do país: Talavera, Salamanca, Ciudad Real e Valladolid, por exemplo, registaram perto de 500 casos por cada 100.000 habitantes nos úl&mos 14 dias.

Desde o início da pandemia em Março último, a Espanha já superou os 640.000 contágios, com mais de 30.000 mortos e 150.000 recuperados.

Miguel Araújo, correspondente em Madrid

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.