Acesso ao principal conteúdo
Futebol

Futebol: Bayern Munique conquistou Supertaça europeia

O Bayern Munique venceu a Supertaça europeia de futebol.
O Bayern Munique venceu a Supertaça europeia de futebol. © POOL/AFP
Texto por: Marco Martins
3 min

O Bayern Munique venceu a Supertaça europeia de futebol ao derrotar os espanhóis do Sevilha por 2-1 após prolongamento num jogo que decorreu em Budapeste na Hungria.

Publicidade

Apesar do receio da equipa alemã em jogar em território húngara onde a propagação da pandemia de Covid-19 ainda é forte, os bávaros disputaram a Supertaça europeia e acabaram por vencer.

O jogo até não começou da melhor maneira para o clube alemão visto que aos 13 minutos de jogo, o Sevilha abriu o marcador com um tento do avançado argentino Lucas Ocampos, de grande penalidade, isto após uma falta do defesa do Bayern, David Alaba, sobre o médio do Sevilha, Ivan Rakitic.

A vantagem dos espanhóis acabou por ser de curta duração. Os germânicos reagiram e alcançaram o empate ao minuto 34 com um golo apontado pelo médio alemão Leon Goretzka.

O empate permaneceu até ao intervalo num jogo intenso e perante sensivelmente 15 mil espectadores presentes na Arena Puskas.

Na segunda parte nenhuma das equipas, tanto o vencedor da Liga dos Campeões, o Bayern Munique, como o vencedor da Liga Europa, o Sevilha, conseguiu passar para a frente do marcador e o jogo seguiu para o prolongamento.

Em Budapeste tudo indicava que o encontro ia terminar com a marcação das grandes penalidades, mas não foi o que aconteceu.

Aos 104 minutos de jogo, após um canto para os bávaros mal aliviado pelos espanhóis, o defesa austríaco David Alaba rematou à baliza do guarda marroquino do Sevilha, Yassine Bono, que defendeu. A defesa não foi completo e o primeiro jogador a chegar à bola foi o espanhol Javi Martínez que cabeceou para o fundo da baliza e deu o triunfo ao Bayern.

O clube alemão acabou por vencer por 2-1 após prolongamento o Sevilha, arrecadando o segundo triunfo na Supertaça europeia, que já tinha conquistado em 2013.

Recorde-se que em 2013, os germânicos derrotaram o Chelsea por 5-4 na marcação das grandes penalidades após o empate a duas bolas no tempo regulamentar e no prolongamento. Há duas particularidades nesse encontro: terminou com um empate a uma bola no fim dos 90 minutos e Javi Martínez marcou no prolongamento, como em 2020. Em 2013 o médio espanhol empatou a duas bolas em cima do minuto 120 e ofereceu na altura o empate que levou à marcação das grandes penalidades, que os bávaros acabaram por vencer.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.