Acesso ao principal conteúdo
Estados Unidos/Política

Primeiro debate presidencial pode ser determinante para Biden

O candidat democrata Joe Biden  e o seu rival republicano e também presidente cessante, enfrentam-se, nesta terça-feira 29 de Setembro, no primeiro dos três debates para a eleição presidencial norte-americana de 3 de Novembro.
O candidat democrata Joe Biden e o seu rival republicano e também presidente cessante, enfrentam-se, nesta terça-feira 29 de Setembro, no primeiro dos três debates para a eleição presidencial norte-americana de 3 de Novembro. © REUTERS/Carlos Barria/Leah Millis
Texto por: RFI
5 min

Nos Estados Unidos,  é dia de debate presidencial entre Donald Trump e Joe Biden, a 35 dias das eleições. Ao longo de 90 minutos, o presidente republicano e o antigo vice-presidente democrata deverão falar sobre pandemia de Covid-19, sobre a indicação de Trump de uma juíza ultraconservadora para o Supremo Tribunal, manifestações contra o racismo e violência policial  assim como a alegada fuga ao fisco do Presidente cessante.

Publicidade

Donald Trump e Joe Biden vão enfrentar-se esta noite no primeiro dos três debates,  que  vão pontuar a fase final da campanha para a eleição presidencial dos Estados Unidos, cujo escrutínio está previsto para o dia 3 de Novembro.

Depois de meses de invectivas, os dois principais candidatos à presidência dos Estados Unidos vão  ter que  abordar o âmago da questão, num debate  que  segundo os analistas em Washington promete uma oposição brutal de estilos e um confronto enérgico, tanto no plano político como pessoal.

Entre as questões primordiais na agenda do debate, estão nomeadamente a gestão da pandemia de coronavírus, que provocou mais de 200.000 mortos e  resultou na perda de milhões de postos de trabalho nos Estados Unidos, a nomeação da juíza conservadora, Amy Coney Barrett, para o Supremo Tribunal, bem como a  violência policial  contra os africano-americanos, que continua dominar a actualidade no país.

As alegações, segundo as  quais, Donald Trump só pagou impostos no valor de 750 dólares em 2016 e 2017 e nenhum em dez dos últimos quinze anos, deveriam também ser abordadas no debate, tido como determinante para o democrata Joe Biden, cujo estilo moderado contrasta com a virûlência, às vezes, incendiária do chefe de Estado cessante.

Ex-vice presidente durante os mandatos de Barack Obama, Joseph Biden terá que revelar a sua aptidão a governar os Estados Unidos, num mundo em plena metamorfose e caracterizado por turbulências políticas e económicas, agravadas pela pandemia de Covid-19.

Com 77 anos de idade, Joe Biden permanece na liderança das intenções de voto à nível nacional.

Todavia os dois candidatos estão lado a lado no que toca  aos chamados  "Swing States" (Estados indefinidos),   dos quais dependerá o desfecho do escrutínio no dia 3 de Novembro.

Segundo uma sondagem de opinião efectuada por Reuters-Ipsos, os eleitores indecisos representam actualmente cerca de 9%, enquanto em Setembro de 2016 eles eram mais do que o dobro.

O debate terá como moderador o jornalista Chris Wallace do canal de televisão Fox News. Wallace, de 72 anos de idade, prometeu que não poupará os dois candidatos,em matéria de perguntas. 

Debate presidencial nos Estados Unidos 29 09 2020

     

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.