Acesso ao principal conteúdo
#Covid-19/Mundo

Presidente polaco positivo ao novo coronavírus

Presidente da Polónia, Andrzej Duda. Cracóvia, 28 de Junho de 2020.
Presidente da Polónia, Andrzej Duda. Cracóvia, 28 de Junho de 2020. AFP/Archivos
Texto por: RFI
4 min

O presidente polaco Andrzej Duda deu positivo ao teste de covid-19, mas encontra-se bem. A pandemia de covid-19 provocou mais de 1,1 milhões de mortos e a Europa alcançou a barreira dos 250.000  mortos.

Publicidade

O secretário de Estado da Presidência polaca escreveu na rede social twitter que o Presidente Andrzej Duda foi submetido a um teste para detectar a presença de coronavírus e deu positivo. Blazej Spychalski sublinhou que “o Presidente está bem".

Na segunda-feira, o Presidente polaco esteve num fórum de investimento em Tallin, na Estónia, onde se encontrou com o Presidente búlgaro, Rumen Radev, que está em isolamento profiláctico depois de ter estado em contacto com alguém infectado no seu próprio país. Porém, não foi indicado em que circunstâncias foi infectado.

A Polónia está a enfrentar um recrudescimento da pandemia tal como outros países do mundo e implementou medidas restritivas em todo o território. Quem pode está em teletrabalho e parte das escolas estão fechadas, excepto para os alunos dos primeiros anos de escolaridade. Os outros estão em regime de ensino à distância e as pessoas com mais de 70 anos devem ficar em casa. Os restaurantes, cafés e bares apenas podem servir para fora, as piscinas e ginásios estão fechados e os ajuntamentos estão limitados a cinco pessoas. As festas de casamento foram proibidas e o número de pessoas permitidas no comércio, transportes e igrejas está limitado.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 41,3 milhões de casos de infecção em todo o mundo, de acordo com a agência francesa AFP.

Este sábado, a agência Reuters avançou que a Ásia ultrapassou os 10 milhões de casos e o número de mortes é de mais de 163.000. A Índia é o segundo país mais afectado - depois dos Estados Unidos - e conta 57.000 novos casos diários.

A Europa tem a lamentar 250.000 mortos, com a Grã-Bretanha a registar 45.000 óbitos, seguida pela Itália, Espanha, França e Rússia.

África registou mais 232 mortos devido à covid-19, num total de 40.922 óbitos, e o número de infectados subiu para 1.696.285, segundo os dados mais recentes.

A África do Sul é o país mais afectado do continente, com 712.412 casos e 18.891 vítimas mortais. Segue-se o Egipto, com 6.196 mortos e 106.230 infectados; Marrocos com 3.205 vítimas mortais e 190.416 casos de infecção; Argélia com 55.630 infecções e 1.897 mortos; Etiópia com 92.229 casos e 1.400 vítimas mortais, e a Nigéria, com 61.882 infectados e 1.129 mortos.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola regista 265 óbitos e 8.829 casos, seguindo-se Cabo Verde (94 mortos e 8.198 casos), Guiné Equatorial (83 mortos e 5.079 casos), Moçambique (82 mortos e 11.748 casos), Guiné-Bissau (41 mortos e 2.403 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 935 casos).

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.