Afeganistão

Ataque à Universidade de Cabul faz vários feridos

A polícia afegã em frente à Universidade de Caboul, Afeganistão.
A polícia afegã em frente à Universidade de Caboul, Afeganistão. AP Photo/Rahmat Gul

Três homens armados entraram esta segunda-feira nas instalações do campus da Universidade de Cabul, pelo menos oito pessoas ficaram feridas. Os talibãs já vieram negar qualquer implicação no ataque.

Publicidade

Pelo menos oito pessoas ficaram feridas, esta segunda-feira, num tiroteio na Universidade de Cabul. Dezenas de estudantes e professores conseguiram fugir do local, no entanto as autoridades afirmam que o número de feridos pode aumentar nas próximas horas.

«Os inimigos do Afeganistão, os inimigos da educação invadiram a Universidade de Cabul», declarou Tariq Arian, porta-voz do ministério do Interior em conferência de imprensa.

O responsável garantiu que «as forças de segurança estão presentes na zona para tentar controlar a situação».

 O ataque armado, ainda não reclamado, começou antes da chegada dos responsáveis do governo ao campus universitário, para participar na abertura da feira do livro do Irão, acrescentou Hamid Obaidi, porta-voz do ministério da Educação Superior.

Na semana passada, pelo menos 24 pessoas, na sua maioria estudantes, perderam a vida num atentado suicida contra um centro educativo de Cabul, ataque que foi reivindicado pelo grupo do estado islâmico.

Em 2018, a Universidade de Cabul já tinha sido palco de um atentado suicida perpetrado pelo grupo terrorista, dezenas de pessoas, nomeadamente adolescentes, perderam a vida. Dois anos antes, o ataque à Universidade americana em Cabul fez 16 mortos.

Um acordo entre os Estados Unidos e os talibãs, em Fevereiro, preparou o cenário para as negociações de paz atualmente em andamento em Doha. O acordo também permite a retirada das tropas dos EUA e da NATO do Afeganistão.

Os talibãs já vieram negar qualquer implicação no ataque.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI