Futebol

Futebol: Paris Saint-Germain e Rennes derrotados na Liga dos Campeões

O avançado italiano do PSG, Moise Kean (esquerda), não conseguiu marcar frente ao Leipzig, impedido pelo defesa franco-guineense, Dayot Upamecano (direita).
O avançado italiano do PSG, Moise Kean (esquerda), não conseguiu marcar frente ao Leipzig, impedido pelo defesa franco-guineense, Dayot Upamecano (direita). © AFP

A terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira, sendo que as duas equipas francesas, o Paris Saint-Germain e o Rennes, foram derrotados.

Publicidade

O PSG deslocou-se ao terreno dos germânicos do Leipzig, semi-finalista da última edição da Liga dos Campeões, e perdeu por 2-1.

Os parisienses, que contaram com o médio luso-guineense Danilo Pereira no zone inicial, até entraram bem no jogo, marcando o primeiro tento pelo avançado argentino Ángel Di María.

O PSG até teve a oportunidade de apontar um segundo golo, mas Ángel Di María falhou a grande penalidade.

Esse falhanço acabou por ser decisivo. O médio francês de Leipzig, Christopher Nkunku, formado no PSG, empatou o jogo aos 41 minutos, isto antes do avançado sueco Emil Forsberg marcar o segundo golo do Leipzig aos 57 minutos, de grande penalidade.

Esta é a segunda derrota nesta edição da Liga dos Campeões europeus de futebol para o Paris Saint-Germain, isto após a derrota na primeira jornada, na capital gaulesa, por 1-2 frente aos britânicos do Manchester United.

De referir que no outro encontro do Grupo H, os turcos do Basaksehir receberam e derrotaram os britânicos do Manchester United por 2-1.

Com estes resultados, o Manchester United e o Leipzig, clube onde actua o defesa franco-guineense Dayot Upamecano, lideram o Grupo H com seis pontos, à frente do PSG e do Basaksehir com três.

Rennes sem Eduardo Camavinga foi derrotado em Londres

O Stade Rennais, que participa pela primeira vez na Liga dos Campeões, foi derrotado por 3-0 na deslocação ao terreno dos britânicos do Chelsea. Os tentos foram apontados pelo avançado britânico Tammy Abraham, e pelo avançado alemão Timo Werner, que bisou com dois golos de grande penalidade.

De notar que o médio franco-angolano, Eduardo Camavinga, não foi jogou, isto enquanto o guarda-redes senegalês, com origens guineenses, Edouard Mendy, foi titular do lado do Chelsea.

Quanto aos espanhóis do Sevilha venceram os russos do Krasnodar por 3-2.

Os espanhóis e os britânicos lideram com sete pontos, à frente do Rennes e do Krasnodar com um ponto.

Édouard Mendy, internacional senegalês do Chelsea.
Édouard Mendy, internacional senegalês do Chelsea. © AFP - MATT DUNHAM

Juventus e FC Barcelona venceram respectivos jogos

A Juventus, com o internacional português Cristiano Ronaldo no onze inicial, venceu por 1-4 na deslocação ao terreno dos húngaros do Ferencvaros. De notar que o avançado luso não marcou nenhum golo. Aliás Cristiano Ronaldo ainda não apontou nenhum tento nesta edição da Champions 2020/2021.

O FC Barcelona, com o argentino Lionel Messi, derrotou os ucranianos do Dínamo Kiev por 2-1. Lionel Messi apontou um dos dois tentos, enquanto o avançado hispano-guineense, Ansu Fati, não marcou neste encontro.

Na tabela classificativa os espanhóis lideram com nove pontos, à frente dos italianos com seis, enquanto os ucranianos e os húngaros têm um ponto.

Eis todos os resultados:

Grupo E: Chelsea (Inglaterra) 3-0 Rennes (França) / Sevilha (Espanha) 3-2 Krasnodar (Rússia).

Grupo F: Zenit (Rússia) 1-1 Lazio (Itália) / Club Brugge (Bélgica) 0-3 Borussia Dortmund (Alemanha).

Grupo G: Barcelona (Espanha) 2-1 Dínamo Kiev (Ucrânia) / Ferencvaros (Hungria) 1-4 Juventus (Itália).

Grupo H: Leipzig (Alemanha) 2-1 Paris Saint-Germain (França) / Basaksehir (Turquia) 2-1 Manchester United (Inglaterra).

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI