Acesso ao principal conteúdo
Brasil

Bolsonaro sofre derrota política nas autárquicas do Brasil

Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.
Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro. AFP
Texto por: Pierre Le Duff
3 min

No Brasil, o resultado das eleições municipais traduz-se numa derrota para o Presidente Jair Bolsonaro. A maioria dos candidatos que ele apoiou não chegaram à segunda volta. Partidos de centro-direito obtiveram bons resultados e o escrutínio também foi marcado pelo avanço de partidos de esquerda.

Publicidade

Apesar de já não ter partido politico, Jair Bolsonaro fez das eleições autárquicas um teste de popularidade, apoiando publicamente vários candidatos. Deles, só dois irão disputar a segunda volta dentro de quinze dias, no Rio de Janeiro e em Fortaleza.

Em São Paulo, no maior colégio eleitoral do país, os dois vencedores da primeira volta rejeitam a política do Presidente. O autarca Bruno Covas terá pela frente Guilherme Boulos, do PSOL -Partido Socialismo e Liberdade- que tem o apoio do ex-presidente Lula.

Mas os candidatos do Partido dos Trabalhadores foram derrotados nas urnas das maiores cidades, com excepção de Recife.

Carlos Bolsonaro, filho do presidente, foi reeleito vereador no Rio de Janeiro, o segundo mais votado.

Jair Bolsonaro minimizou a derrota dos seus candidatos nas redes sociais mas sai enfraquecido deste escrutínio. Uma semana depois da derrota do seu aliado e modelo norte-americano Donald Trump, o Presidente brasileiro pode ficar mais preocupado com a sua reeleição em 2022.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.