Timor Leste

Timor Leste: inundações já mataram 34 com centenas de desalojados

Inundações têm deixado centenas de desalojados em Timor Leste.
Inundações têm deixado centenas de desalojados em Timor Leste. © LUSA - ANTONIO SAMPAIO

Pelo menos 34 pessoas morreram em Timor Leste, incluindo 13 na capital, com registo de largas centenas de deslocados devido ao rasto de destruição deixado pelas enxurradas. 12 outras terão falecido na zona de Manaturo, centro norte do país. Noutro âmbito acaba de se registar o primeiro óbito de Covid-19.

Publicidade

Os estragos são avultados com pontes e estradas cortadas, centenas de desalojados na sequência da subida do nível das ribeiras. Seriam quase 3 500 os desalojados segundo o relato de Celisse Maria, residente em Díli, a capital.

Alguns estão alojados provisoriamente em instalações da Igreja católica.

É o caso do salão Dom Bosco, em Comoro, em Díli, onde teriam sido detectados casos de Covid.

E isto numa altura em que se deplora o primeiro óbito da doença, uma mulher de 44 anos, que sofria também de hipertensão e insuficiência renal.

O facto coincide com a chegada das primeiras 24 000 doses da vacina da AstraZeneca, contra o novo coronavírus.

"Achuva começou no sábado, piorou no domingo, quase todo o dia, causou muita destruição, não é só em Díli, mas também em alguns distritos tais como Manatuto, a leste de Díli, e Liquiçá, a oeste. Há muitas estradas cortadas, em Díli há muitas casas destruídas" relatava Celisse Maria que sublinho a solidariedade de que estão a dar provas os timorenses nesta adversidade.

Celisse Maria, residente em Díli, 6/4/2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI