Israel

Confrontos junto ao Monte do Templo fazem mais de 175 feridos

L'esplanade des Mosquées, le 31 janvier 2020, premier vendredi de prière après l'annonce du plan de paix américain.
L'esplanade des Mosquées, le 31 janvier 2020, premier vendredi de prière après l'annonce du plan de paix américain. REUTERS/Ammar Awad

Os confrontos entre a polícia israelita e os devotos muçulmanos aconteceram durante a noite junto ao Monte do Templo, em Jerusálem, fazendo mais de 175 feridos, na sua grande maioria palestinianos, estando prevista para hoje uma grande manifestação contra a violência das autoridades israelitas.

Publicidade

Como todas as noites durante o período do Ramadão, milhares de fiéis muçulmanos estavam reunidos no Monte do Templo, ou esplanada das Mesquitas, para a última grande oração de sexta-feira, quando um grupo de palestinianos começou a enviar projéteis contra a polícia israelita, segundo relata a AFP.

A polícia israelita respondeu com granadas de dispersão e balas de borracha, ferindo pelo menos 175 pessoas. Segundo as autoridades israelitas, seis polícias ficaram feridos nos confrontos.

Para hoje estão marcadas várias manifestações, após as autoridades palestinianas apelarem ao protesto contra a violência das autoridades israelitas.

A União Europeia pede "um abrandamento das tensões" entre as duas partes e os Estados Unidos apelam ao "fim da violência".

Este novo episódio de violência surge poucas semanas depois de distúrbios que envolveram militantes da extrema-direita israelita e palestinianos, também em Jerusálem, e que provocaram 120 feridos.

As tensões entre palestinianos e israelitas acontecem num contexto em que  Israel continua a ameaçar de expulsão os moradores do bairro de Shaikh Jarrah, em Jerusálem Oriental. Esta parte da Cidade Santa é, segundo as autoridades palestinianas, a futura capital de um possível Estado independente da Palestina.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI