Afeganistão

Novo ataque no Afeganistão fez 11 mortos

Ataque no sábado matou mais de 50 pessoas, sobretudo estudantes. Horas depois novo atentado abalou o país.
Ataque no sábado matou mais de 50 pessoas, sobretudo estudantes. Horas depois novo atentado abalou o país. AFP - WAKIL KOHSAR

Pelo menos 11 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas na explosão de uma bomba que atingiu um autocarro, na província de Zabul, no sudeste do Afeganistão. O ataque acontece horas depois de um outro atentado que matou, pelo menos, 50 pessoas. Entretanto, os talibãs anunciaram um cessar-fogo de três dias por ocasião do fim do Ramadão.

Publicidade

Pelo menos 11 pessoas morreram e 28 ficaram feridas após a explosão de uma bomba que atingiu um autocarro, na província de Zabul, no sudeste do Afeganistão,na madrugada de segunda-feira.

No sábado, mais de 50 pessoas morreram na explosão de um carro armadilhado e de duas outras bombas junto da escola secundária feminina na zona ocidental de Cabul. Há relato, também, de uma centena de feridos. Este foi mais um ataque contra a comunidade hazara, uma minoria xiita, visada por extremistas sunitas.

Os talibãs negaram responsabilidade no atentado de sábado e anunciaram um cessar-fogo de três dias por ocasião do Eid al-Fitr, a festa que marca o fim do mês do Ramadão. Hoje, o Presidente afegão, Asraf Ghani, ordenou ao exército para respeitar o cessar-fogo e pediu aos talibãs para anunciarem uma trégua permanente no conflito.

A 1 de Maio, terminou o prazo acordado entre os talibãs e os Estados Unidos para que as tropas estrangeiras deixassem o país e os Estados Unidos anunciaram a retirada dos 2.500 soldados ainda presentes no território até 11 de Setembro. A violência no país aumentou nas últimas semanas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI