Afeganistão/Política

Retoma de combates no Afeganistão enquanto norte-americanos retiram-se

  Vista de Lashkar Gah, capital da província afegã do Helmand,onde os combates entre as forças governamentais e os talibã retomaram  no dia 16 de Maio de 2021 após a trégua para festejar a Eid al-Fitr,final do Ramadão.
Vista de Lashkar Gah, capital da província afegã do Helmand,onde os combates entre as forças governamentais e os talibã retomaram no dia 16 de Maio de 2021 após a trégua para festejar a Eid al-Fitr,final do Ramadão. WAKIL KOHSAR AFP/File

No Afeganistão, os combates recomeçaram domingo entre as forças governamentais e os talibã, no sul do país, depois de ter terminado a trégua para a festa do fim do Ramadão .Na sexta-feira já tinha havido a explosão de uma bomba numa mesquita, nos arredores de Cabul que matou 12 fiéis, mas os talibã negaram a responsabilidade no atentado que acabou por ser reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico.

Publicidade

Os combates entre as forças governamentais e os talibã retomaram no sul do Afeganistão, depois da trégua decretada para celebrar a festa do Eid al-Fitr que marca o fim do Ramadão.

Segundo um porta-voz do exército afegão e um dirigente local, confrontos foram assinalados na periferia  de Lashkar Gah, capital da província do Helmand.

A referida zona tem sido o cenário de combates intensos, desde o dia 1 de Maio de 2021,  data em que os Estados Unidos eram supostos, já ter retirado as suas 2,500 tropas estacionadas na região.

De acordo com Attaullah Afghan, chefe do Conselho Provincial  do Helmand, "os combates  tiveram início cedo de manhã e ainda prosseguiam".

Zabihullah Mujahid,  porta-voz dos talibã, declarou à France Presse que as operações militares foram iniciadas pelas forças governamentais, a quem ele imputou a responsabilidade dos confrontos.

Segundo Nishank Motwani, um especialista independente do  Afeganistão, os talibã consideram que a retirada das tropas norte-americanas após vinte anos de guerra, é uma vitória.

Um oficial do exército afegão,que falou sob anonimato, afirma que com a partida dos militares norte-americanos será mais difícil para as forças governamentais efectuarem operações contra os talibã.

Retomam combates no Afeganistão após trégua de final de Ramadão 16 05 2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI