G7/Reino Unidos

Tensões relativamente ao Brexit animam G7

O presidente francês Emmanuel Macron (esquerda) encontrou-se com o Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, durante a Cimeira do G7.
O presidente francês Emmanuel Macron (esquerda) encontrou-se com o Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, durante a Cimeira do G7. © AFP - LUDOVIC MARIN

Os líderes do Reino Unido, Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, Japão, Canadá e União Europeia continuam reunidos e deverão aprovar neste sábado, 12 de Junho, a Declaração de Carbis Bay, onde estão reunidos.

Publicidade

No segundo dia da cimeira este fim-de-semana em Inglaterra, os líderes do G7, formado pelos principais países ocidentais industrializados, deverão aprovar um plano para travar pandemias futuras.

O objetivo é reduzir para menos de 100 dias o tempo entre a identificação do vírus e o desenvolvimento e aprovação de vacinas, tratamentos e testes para novas doenças.

Da saúde, as discussões deverão hoje avançar para a economia e política externa, as ameaças da China e Rússia e as situações na Etiópia e Bielorrússia deverão ser abordadas e parecem reunir consenso, mesmo existindo algumas variações entre participantes.

Hoje juntam-se também Austrália, Índia, Coréia do Sul e África do Sul, uma tentativa de o Reino Unido unir as 10 principais democracias mundiais, mas também para diluir o domínio europeu do grupo.

Hoje, o primeiro-ministro britânico reuniu-se à margem da Cimeira do G7 com líderes da União Europeia, França e Alemanha dos quais recebeu uma mensagem concertada e unida: Londres precisa de aplicar o acordo do Brexit na Irlanda do Norte, ou as relações vão continuar a se amargar.

Boris Johnson respondeu que ambos os lados devem ser pragmáticos para encontrar soluções que minimizem o impacto do Brexit e protejam o processo de paz na província britânica.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Bruno Manteigas.

Correspondência de Londres 12-06-2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI