Covid-19

Reino Unido adia última fase do desconfinamento por um mês

A situação da covid-19 no Reino Unido
A situação da covid-19 no Reino Unido AP - Dominic Lipinski

O Reino Unido vai travar o processo de desconfinamento após um aumento exponencial do número de novos casos, muitos deles ligados à variante indiana da covid, estando agora em cerca de 7.000 novos casos por dia.

Publicidade

Boris Johnson, primeiro-ministro britânico, disse foi "uma decisão difícil" de adiar esta última fase do desconfinamento de 21 de Junho para 19 de Julho em Inglaterra, havendo depois um calendário próprio para cada nação dentro do Reino Unido.

"Não podemos continuar [a desconfinar] quando existe uma real possibilidade de que o vírus ultrapasse as vacinas e que haja milhares de mortes suplementares", afirmou o governante.

Entre os novos casos no Reino Unido, 96% pertencem à variante indiana. No entanto, o aumento diário de novos casos e de pessoas internadas nos hospitais não tem levado a um aumento no número de mortos.

Mais de 30 milhões de pessoas no Reino Unido já foram completamente vacinas, cerca de 45% da população do país.

Este mês de adiamento vai servir para continuar a vacinar, especialmente dar a todas as pessoas com mais de 50 anos a segunda dose da vacina, na esperança que o número de novos casos e hospitalizações diminua.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI