Afeganistão

Afeganistão: Talibãs ameaçam Kandahar e Herat

Afeganistão: Talibãs ameaçam Kandahar e Herat
Afeganistão: Talibãs ameaçam Kandahar e Herat REUTERS - Danish Siddiqui

Os combates entre os talibãs e as forças afegãs retomaram no domingo em várias cidades. Em Kandahar, no sul do país, a pista do aeroporto foi danificada por três rockets, enquanto "ataques aéreos detiveram" o avanço dos talibãs em Herat.

Publicidade

Em Kandahar, no sul do país, a pista do aeroporto foi danificada por três rockets, obrigando ao cancelamento de todos os voos, confirmou um responsável da aviação civil em Cabul.

Os talibãs, que têm vindo a conduzir uma ofensiva generalizada no Afeganistão, nos últimos três meses, aproximaram-se nas últimas semanas de Kandahar, berço do movimento, estando situados nos arredores da segunda maior cidade do país, com 650 mil habitantes.

Em Herat, as milícias anti-talibãs de Ismail Khan, veterano da guerra contra a ocupação soviética (1979-1989), tentam impedir o avanço dos talibãs, que se encontram a cerca de 7 km a oeste da cidade, avança a AFP.

A cerca de dez quilómetros ao sul de Herat, os insurgentes conquistaram a ponte de Pul Malan, e combatem as forças afegãs perto de outra ponte, Pashtun Pol, localizada na estrada que conecta Herat ao aeroporto.

A ofensiva rebelde , lançada ao mesmo tempo que a retirada final das tropas internacionais do país, está agora quase completa. Depois de ter conquistado vastas áreas rurais afegãs, o movimento rebelde ameaça agora várias capitais regionais.

A queda de Kandahar, centro do regime talibã, no poder entre 1996 e 2001, seria um desastre para as autoridades afegãs. As forças afegãs, que até agora pouco resistiram ao avanço dos talibãs, controlam apenas as principais estradas e capitais da província.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI