Afeganistão

Afeganistão: ocidentais denunciam ameça terrorista iminente no Aeroporto de Cabul

Afegãos em vias de deixar Cabul a partir do respectivo aeroporto internacional a 24 de Agosto de 2021.
Afegãos em vias de deixar Cabul a partir do respectivo aeroporto internacional a 24 de Agosto de 2021. © AP/US Marine/Sgt. Samuel Ruiz

São vários os países ocidentais a aconselharem os seus cidadãos a deixar a zona do Aeroporto de Cabul, no Afeganistão, devido à iminência de um ataque terrorista. 

Publicidade

Estados Unidos, Austrália e Reino Unido lançaram um alerta de ataque iminente. Washington foi o primeiro a alertar para tal desaconselhando os seus cidadãos a se deslocar ou manter no Aeroporto de Cabul.

No entanto os responsáveis talibã prometeram hoje garantir a segurança das instalações onde têm estado a decorrer os repatriamentos de estrangeiros e respectivos colaboradores afegãos.

O presidente norte-americano Joe Biden tinha alertado esta semana para a necessidade de concluir as operações de repatriamento na data prevista, ou seja na próxima terça-feira, devido aos riscos de atentados por parte do grupo Estado Islâmico no Afeganistão.

Em Fevereiro de 2020 os talibã em Doha, no Qatar, tinham-se comprometido em expulsar do Afeganistão qualquer organização terrorista islâmica.

No entanto, segundo as Nações Unidas, o grupo mantém-se activo desde 2015 contando entre 500 e 1 500 homens, incluindo combatentes sírios e iraquianos ou dissidentes talibã.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI