Terrorismo

Estados Unidos lançam ataque contra Estado Islâmico Khorasan

Os norte-americanos atacaram o Estado Islâmico-Khorasan na noite de sexta-feira para sábado.
Os norte-americanos atacaram o Estado Islâmico-Khorasan na noite de sexta-feira para sábado. REUTERS/Omar Sobhani

Os Estados Unidos realizaram esta noite um ataque com drones contra um estratega do Estado Islâmico-Khorasan, reataliando assim contra o grupo terrorista que matou quase 200 pessoas num ataque contra o aeroporto de Cabul. A França anunciou que terminou as evacuações a partir do Afeganistão.

Publicidade

"O ataque aéreo não tripulado ocorreu na província afegã de Nangahar. As primeiras indicações são de que abatemos o alvo", revelou o capitão Bill Urban, do Comando Central norte-americano, acrescentando que não houve qualquer vítima civil.

O ataque foi lançado fora do Afeganistão, enquanto o aeroporto de Cabul se encontra sob fortes medidas de segurança após o ataque levado a cabo pelo Estado Islâmico-Khorasan. Pelo menos 169 civis e 13 soldados americanos morreram quando um homem detonou o colete de explosivos que usava no meio da multidão do lado de fora do portão do aeroporto.

A embaixada dos Estados Unidos em Cabul já emitiu um alerta de segurança instando os seus cidadãos a deixarem "imediatamente" os portões do aeroporto.

A França anunciou na noite de sexta-feira ter terminado oficialmente as evacuações dos seus nacionais. outros estrangeiros e afegãos a partir do aeroporto de Cabul.

"Nestas condições excepcionalmente difíceis, a França evacuou cerca de 3.000 pessoas, às quais se juntam mais 1.500 afegãos e afegãs que trabalharam para o nosso país e que já tínhamos retirado antes do dia 15 de agosto, em antecipação da crise actual", pode ler-se no comunicado do Ministério da Defesa gaulês enviado às redações.

A França promete ainda continuar os esforços necessários para que todos os afegãos que o desejem, possam sair em condições de segurança do seu país, incluindo conversações com os líderes talibãs para facilitar estas partidas.

O Reino Unido efetua hoje as últimas evacuações e os Estados Unidos garantem evacuações até ao dia 31 de agosto, dia marcado para a retirada das tropas americanas.

Os talibãs já começaram a tomar o controlo de certas partes do aeroporto de Cabul, com o grupo a pedir aos Estados Unidos que mantenham uma missão diplomática no país para além da retirada das tropas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI