Acesso ao principal conteúdo
Artes

"Avó dezanove e o segredo do soviético" filme de João Ribeiro

Áudio 17:32
Cartaz do filme "Avó dezanove e o segredo do soviético" do produtor e realizador moçambicano João Ribeiro.
Cartaz do filme "Avó dezanove e o segredo do soviético" do produtor e realizador moçambicano João Ribeiro. © Fado Filmes, Kanem@ Produções, Grafo

"Avó dezanove e o segredo do soviético" é uma adaptação do romance do mesmo nome do escritor angolano Ondjaki e é a segunda longa metragem do produtor e realizador moçambicano João Ribeiro. Depois da estreia em fevereiro no Pan African Film Festival em Los Angeles, o filme não pode ainda ser comercialmente explorado devido à pandemia da Covid-19, mas obteve quatro grandes prémios em festivais internacionais no final de 2020, entre os quais o de Melhor Realizador de África nos Kisima Music & Film Awards, no Quénia e mais recentemente o de Melhor Filme no Black International Cinema em Berlim.

Publicidade

Depois de "O último voo do Flamingo" em 2010 adaptado do romance do mesmo nome do escritor moçambicano Mia Couto, "Avó dezanove e o segredo do soviético" adaptado do romance homónimo do escritor angolano Ondjaki, é a segunda longa metragem de João Ribeiro, cuja estreia ocorreu em fevereiro de 2020 no Pan African Film Festival, Los Angeles, Estados Unidos e que no final de 2020 obteve quatro prémios: 

- Melhor Longa de Ficção na 7ª Edição do Plateau - Festival Internacional de Cinema da Cidade da Praia, Cabo Verde 

- Melhor Realizador de África nos Kisima Music & Film Awards, Quénia

- Melhor Actriz Secundária  - Ana Magaia - nos Kisima Music & Film Awards (Quénia)

- Melhor Filme / Produção Narrativa no Black International Cinema Berlin (Alemanha)

O filme está ainda seleccionado entre 22 e 28 de janeiro para o Festival des Cinémas d’Afrique du Pays d’Apt, em França e para o New York African Film Festival, previsto para fevereiro 2021, mas cujas datas definitivas não estão ainda definidas devido à pandemia da Covid-19, mas poderá em breve ser visto na plataforma digital de cinema moçambicano NetKanema.

"Avó dezanove e o segredo do soviético" é um filme de aventuras e de amor, uma sátira político-social, que mistura realidade e magia, interpretado por actores profissionais como Ana Magaia" a "Avó Catarina" ou o actor de origem russa Billiardov (Botardov) residente em Portugal, três crianças que nunca estiveram frente a uma câmara Jaki, Pi e Charlita, uma apresentadora de televisão Anabela Adrianoupulos "Avó Agnette ou "Avó Dezanove" porque perdeu um dedo do pé ou ainda o académico Filimone Meigos.

O enredo passa-se algures num bairro africano, na origem o Bairro do Bispo em Luanda retratado por Ondjaki, que foi transposto por João Ribeiro para as cidades de Matola, Catembe e Maputo.

É aí que vive Jaki, um menino de 10 anos, numa casa de família alargada, regida pela avó Agnette e assombrada pela figura misteriosa da avó Catarina.

A vida do bairro e dos seus moradores - que têm nomes como Espuma do Mar - o maluco do bairro que tanto encanta, quanto assusta - gira à volta da construção de um mausoléu para um Presidente falecido, mas esse monumento ameaça a vida tranquila dos moradores, quando as autoridades anunciam que as casas do bairro têm de ser dinamitadas, para a obra ser terminada e os seus habitantes desalojados.

Ao mesmo tempo a avó Agnette sofre uma infecção num pé e tem de ser operada, perdendo um dedo e ganhando a alcunha: "Avó Dezanove".

A sua operação inspira Jaki e tal como foi preciso remover o dedo para salvar a perna, ele e o seu melhor amigo Pi - Pinduca ou 3,14 decidem remover o mausoléu para salvar o bairro, utilizando a dinamite da obra, para “desplodir” o monumento, mas é um plano condenado ao fracasso, sem a intervenção de um soviético (engenheiro ou capataz da obra) um homem cheio de segredos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.