Artes

Performance "Fé-Menina" marca dia da Mulher Moçambicana

Áudio 11:13
A actriz Lucrécia Paco (foto de cima) e a cantora Lenna Bahule (foto de baixo) protagonizam a performance "Fé-Menina" difundida esta quarta-feira 7 de Abril de 2021.
A actriz Lucrécia Paco (foto de cima) e a cantora Lenna Bahule (foto de baixo) protagonizam a performance "Fé-Menina" difundida esta quarta-feira 7 de Abril de 2021. © Fundação FErnando Leite Couto

Nesta quarta-feira, Moçambique assinala o dia da mulher moçambicana, na data do aniversário da morte, a 7 de Abril de 1971, de Josina Machel, esposa de Samora Machel, primeiro presidente de Moçambique, mulher que se ilustrou como militante feminista e independentista que se envolveu na Luta Armada de Libertação Nacional.

Publicidade

Para marcar esta data num contexto em que a covid-19 impõe limitações, a Fundação Fernando Leite Couto, em Maputo, programou a difusão no Facebook e na Youtube de uma performance intitulada "Fé-Menina", juntando textos das poetisas Melita Matsinhe e Hirondina Joshua declamados pela actriz Lucrécia Paco, conhecida do grande publico nomeadamente pela sua participação naquela que foi a primeira novela moçambicana "Nineteens".

Nesta performance, é acompanhada pela cantora Lenna Bahule que se notabilizou pelo seu projecto musical, centrado sobre o trabalho da voz como instrumento musical, intitulado "Nômade". Em entrevista concedida à RFI, a jovem artista falou da sua prática em tempos conturbados e contou como nasceu a performance com Lucrécia Paco.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI