Ciência

WhatsApp quer recolher mais dados dos utilizadores

Áudio 05:17
O WhatsApp decidiu adiar para 15 de Maio a entrada em vigor das novas condições de utilização da aplicação móvel, depois da especulação à volta da protecção de dados dos utilizadores.
O WhatsApp decidiu adiar para 15 de Maio a entrada em vigor das novas condições de utilização da aplicação móvel, depois da especulação à volta da protecção de dados dos utilizadores. Lionel BONAVENTURE AFP/Archivos
7 min

O WhatsApp decidiu adiar para 15 de Maio a entrada em vigor das novas condições de utilização da aplicação móvel, depois da especulação sobre a partilha de dados dos utilizadores. Os responsáveis falam em "desinformação" e garantem que não vão renunciar à nova política de privacidade da empresa. 

Publicidade

Em entrevista à RFI Alcides Fonseca, professor no departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, afirma que há muito tempo que o Whatsapp partillha informação com o Facebook e que agora, como a empresa se prepara para lançar outros serviços, precisa apenas de recolher mais dados.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI